Educação pós-pandemia – 5 tendências que irão permanecer


A educação pós-pandemia certamente não será a mesma, pois o ensino remoto alterou toda a rotina escolar e transformou o modo de ensinar e aprender. Contudo, ele também trouxe muitas tendências que serão adotadas como parte da nova realidade.

Os impactos causados pela pandemia trouxeram experiências negativas, sem dúvidas, mas também positivas, pois toda crise nos impulsiona a desenvolver novas habilidades para superar e se adaptar à situação, bem como melhorar e inovar as antigas práticas.

Toda a comunidade escolar precisou se reinventar para atender às necessidades do momento, a fim de minimizar os prejuízos causados pelo fechamento das escolas para não prejudicar a educação dos alunos.

Novas metodologias foram adotadas para possibilitar a continuidade do processo de ensino e aprendizagem a distância, o que alterou o formato das aulas, as atividades, as avaliações, as interação, entre outros.

A adoção de tais modelos de ensino estava sendo implementada aos poucos nas escolas, eram utilizados como complemento, mas foi preciso adiantar esse processo, o que foi bastante assertivo para o ensino remoto.

Muitas dessas novas práticas tendem a continuar com o retorno às aulas presenciais, diante dos benefícios que proporcionam tanto para alunos quanto para os professores.

Confira as cinco principais tendências da educação pós-pandemia!

Instagram SAE Digital

Educação pós-pandemia: Tecnologia Educacional

A Tecnologia Educacional foi fundamental para que os alunos pudessem aprender em casa, por meio de aulas on-line, atividades, avaliações e interações com o uso de ferramentas digitais de comunicação.

Esses recursos continuarão sendo vantajosos mesmo com as aulas presenciais, pois facilitam a vida de alunos e professores, além de estimularem diversas habilidades essenciais.

O Ambiente Virtual de Aprendizagem, por exemplo, permite aos alunos que acessem conteúdos disponibilizados pelos professores e realizem em casa as atividades propostas, o que estimula a autonomia.

Além disso, os alunos podem se comunicar com os professores e com os colegas, enviar as atividades para serem corrigidas, obter feedbacks e tirar dúvidas sobre os conteúdos.

O AVA do SAE Digital funciona como um professor particular 24h, pois oferece videoaulas e atividades de todos os conteúdos, além de recursos que permitem ao aluno desempenhar o papel de protagonista no processo de ensino e aprendizagem.

O livro digital também tem sido muito utilizado, pois trata-se de um conteúdo publicado no meio digital – contendo textos, imagens e outros elementos interativos –, que pode ser acessado a partir de um dispositivo eletrônico.

Todo o conteúdo do livro impresso está contido no livro digital do SAE, e seu diferencial é o fato de apresentar diversos recursos interativos, como vídeos, jogos, animações e outras atividades multimídia.

Já as avaliações on-line também são opções vantajosas para continuar utilizando, pois são mais práticas e sustentáveis. Elas contemplam o mesmo conteúdo, o mesmo objetivo e a mesma estrutura das provas impressas realizadas na escola, mas o que muda nesse formato de prova é a maneira de aplicação.

No SAE, as avaliações on-line são disponibilizadas na plataforma digital (AVA), que fornece o acesso ao arquivo digital da prova, de acordo com a data e o horário definidos previamente.

Educação pós-pandemia: Ensino Híbrido

O Ensino Híbrido é uma tendência bastante assertiva para o retorno às aulas pós-pandemia, pois essa metodologia combina o ensino remoto e presencial, possibilitando a aprendizagem em qualquer ambiente, não somente na sala de aula. Além disso, permite ao aluno que utilize recursos digitais para aprender com maior autonomia – como, quando, onde ou com quem quer estudar.

Ele surgiu para inovar e transformar o modelo tradicional de educação, pois alia a tecnologia ao processo de ensino e aprendizagem de maneira relevante, além de estimular o protagonismo dos alunos.

Muitas escolas utilizaram esse modelo de ensino durante a pandemia para evitar aglomeração. Assim, parte da turma assiste às aulas na escola e os demais em casa, depois cada grupo troca de posição, e assim sucessivamente.

Nesse método, as atividades escolares ocorrem na escola e em espaços virtuais, o que proporciona a experiência de aprendizagem em ambos os ambientes e a apropriação da cultura digital cada vez mais.

Os modelos comumente utilizados são:

  • Rotação: propõe estudar uma mesma disciplina ou tema específico em plataformas digitais ou realizando projetos em grupo. É um formato que permite dividir e alternar a turma entre quem estuda na modalidade virtual ou presencial.
  • Sala de aula invertida: consiste em utilizar o conhecimento prévio do aluno, obtido por meio digital em casa, para discutir em sala de aula o tema estudado e compartilhar com os colegas e o professor.
  • Flex: permite ao estudante que aprenda utilizando recursos digitais com maior autonomia e conte com o professor para tirar dúvidas sempre que precisar.
  • Laboratório on-line: disponibiliza o curso inteiro em plataforma digital, mas em um ambiente físico. Assim, os alunos estudam no laboratório e também assistem às aulas tradicionais.

O SAE Digital oferece diversos recursos que possibilitam o Ensino Híbrido, como o AVA, o livro digital, a gamificação, a escola digital, a realidade aumentada, o QRCode, as trilhas de aprendizagem e muito mais!

Educação pós-pandemia

Educação pós-pandemia: Parceria entre a família e a escola

A pandemia fez com que a família precisasse participar mais ativamente da educação dos filhos, o que fortaleceu a parceria com a escola, que precisou ajudar os pais e os responsáveis nesse processo de ter os alunos estudando em casa.

Essa experiência evidenciou a importância da parceria entre a família e a escola, pois, quando os pais são participantes ativos da vida escolar de seus filhos, eles se sentem apoiados, reconhecidos, seguros e motivados.

A família, junto à escola, são as principais referências para os alunos e a base para a sua formação humana e acadêmica. Por isso, família e escola precisam trabalhar em conjunto e se apoiarem mutuamente.

Sem a escola, a família não consegue suprir as necessidades educacionais e, sem a família, a escola não consegue oferecer todo o suporte emocional e afetivo que as crianças precisam para se desenvolverem.

Pensando nisso, o SAE Digital criou o “Conversando com a família”, para levar informação e formação, conhecimento e reflexão às famílias. Esse é um projeto de parceria entre famílias e escolas, que busca aproximar os pais da escola e fazê-los participar mais da vida escolar de seus filhos.

Essa parceria também estimula as competências socioemocionais dos alunos, essenciais para a educação pós-pandemia, visando ao desenvolvimento das dimensões comportamental e relacional dos indivíduos.

Elas são importantes para desenvolver nos alunos habilidades como resiliência, empatia, cooperação e autonomia, que permitem uma formação integral (acadêmica, social e emocional).

A parceria da família com a escola também facilita o acolhimento socioemocional no retorno às aulas presenciais, para facilitar a adaptação dos alunos à nova realidade e dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem de maneira mais assertiva.

Educação pós-pandemia: Parceria com o Sistema de Ensino

Firmar uma parceria com um Sistema de Ensino ajudou muitas escolas a oferecer o ensino remoto, além do suporte na gestão escolar, auxiliando na parte pedagógica, administrativa e financeira durante a pandemia.

O Sistema de Ensino disponibiliza produtos e serviços que suprem as necessidades da instituição de ensino, como materiais didáticos, tecnologia educacional, assessoria pedagógica, marketing, formação continuada, entre outros.

Ele traz muitos benefícios às escolas e facilita o trabalho de gestores e professores ao permitir a eles que se dediquem mais às suas tarefas, além de proporcionar aos alunos recursos de qualidade.

Esses benefícios certamente serão essenciais para a educação pós-pandemia, pois ter um suporte externo ajuda as escolas a melhorarem o seu trabalho, em termos educacionais e financeiros.

O Sistema de Ensino pode ser definido como um modelo de negócio, que oferece um conjunto de soluções educacionais, com produtos e serviços que suprem as mais variadas necessidades e demandas das instituições de ensino.

A parceria com um sistema de ensino ajuda a sua escola a se manter atualizada e a promover a inovação e a evolução, ao passo em que resolve inúmeros problemas operacionais do cotidiano, pois se adequa à realidade da instituição e adapta seus produtos e serviços para suprir as demandas.

O SAE Digital é um Sistema de Ensino que oferece todo o suporte que sua escola precisa, pois conta com assessoria pedagógica efetiva, tecnologia educacional relevante, hiperatualização e avaliações formativas, essenciais durante e pós-pandemia.

Alguns exemplos de produtos e serviços que o SAE oferece às suas escolas parceiras são:

  • SAE Planeja: é um organizador do planejamento escolar desenvolvido para se adequar ao período de pandemia. Ele auxilia o registro das ações da escola e pode servir como documento comprobatório para os órgãos responsáveis por validar as horas de atividades remotas para dedução de dias letivos.
  • SAE Retoma: é um apoio estratégico ao nivelamento pedagógico e à consolidação da aprendizagem construída em 2020, com o objetivo de dar um direcionamento pedagógico de acordo com o desempenho dos estudantes, verificado a partir de instrumentos avaliativos oferecidos pelo SAE Digital, para sanar possíveis déficits e consolidar o processo de ensino-aprendizagem.
  • Eventos on-line: o SAE promoveu diversos eventos on-line durante a pandemia, como aulões Enem, webinários, EducaSAE, Encontro de Mantenedores, Jornada Bett On-line, Escola de Pais, entre outros. Esses eventos foram pensados para que a comunidade escolar se mantenha atualizada e aprenda mesmo em casa.
  • Assessoria pedagógica digital: oferece assessoria com atendimento on-line, para garantir que as demandas da instituição sejam sanadas sempre que necessário, tendo assessores disponíveis todos os dias para orientar e auxiliar. Ocorre por meio de um canal de atendimento exclusivo, com videoconferências e ambientes virtuais de aprendizagem.

Educação pós-pandemia – 5 tendências que irão permanecer

Educação pós-pandemia: Formação Continuada para os Professores

A formação continuada para os professores se mostrou essencial durante a pandemia, visto que muitas escolas e professores não estavam preparados para aplicar o ensino remoto.

Ela é necessária para manter o corpo docente atualizado sobre as novas práticas pedagógicas, tecnologia educacional, diretrizes da educação, recursos que são tendência e todo o tipo de novo conhecimento.

Serve também para que as escolas e os profissionais de educação se desenvolvam, se aprimorem, evoluam e se capacitem para ensinar às novas gerações. Isso significa ir além do modelo tradicional de ensino, que já não atende mais às demandas da sociedade atual.

O investimento na formação continuada para os professores é extremamente necessário, especialmente devido às mudanças recentes nas diretrizes de ensino – como a Base Nacional Comum Curricular e a Lei da Reforma do Ensino Médio.

Todas essas transformações atuais convergem em um ponto de grande importância: os estudantes de hoje têm pouco – ou quase nada – em comum com os das gerações anteriores.

Portanto, as escolas precisam promover momentos de formação aos professores, com cursos, palestras, workshops, seminários e todo o tipo de aprendizagem de novas habilidades e competências essenciais para o século XXI.

A Assessoria Pedagógica do SAE Digital promove a formação continuada dos professores das escolas parceiras; disponibiliza cursos de formação presenciais ou a distância; oferece treinamentos às equipes; promove ações de incentivo à leitura e à informação por meio de artigos e da produção de conteúdo relevante nos mais diversos formatos, entre outras.

O SAE propõe o aperfeiçoamento dos professores por meio de eventos on-line de formação e cursos disponíveis em EAD – os Momentos Pedagógicos. Todos esses cursos são gratuitos e têm avaliação e certificação para os participantes.

Além dos cursos, outra opção para a instituição parceira é compartilhar seus problemas com seu assessor e verificar a possibilidade de um momento de treinamento.

Dessa forma, juntos – assessoria e escola – podem planejar e organizar palestras, workshops, oficinas e diversas outras possibilidades de formação.

___________________________________________________________________

Quer implementar na sua escola as tendências de educação pós-pandemia com o SAE Digital? Então fale com um de nossos assessores e saiba mais!

Acompanhe o nosso blog para ter acesso a mais informações! Visite também nossas redes sociais para conferir conteúdos exclusivos, com dicas e atualidades!

Educação pós-pandemia

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos