Blog

Formação continuada: Como o Sistema de Ensino pode ajudar?

  • Fernanda Andreazzi
  • 1 ano atrás
  • Atualizada em 27/06/2018
  • 5 min. de leitura
  •  
  • 64 visualizações

A velocidade das transformações tecnológicas e o perfil dos alunos das novas gerações exigem dos profissionais da educação uma preocupação constante com a atualização de seus recursos, materiais didáticos e, especialmente, práticas pedagógicas empregadas em sala de aula. Por isso, discute-se  frequentemente a importância da formação continuada para professores e demais profissionais envolvidos com o ensino básico.

Em seu artigo “Formar professores em contextos sociais em mudança 1, o estudioso Philippe Perrenoud listou algumas competências para a formação continuada dos docentes, que são essenciais para a sua adaptação às mudanças cada vez mais aceleradas da sociedade. Entre elas, podemos destacar o incentivo ao protagonismo do aluno e o uso das novas tecnologias como forma de expandir as possibilidades de ensino e conectar-se de forma mais próxima à realidade dos estudantes.

Nesse contexto, a formação continuada pode contribuir de diversas maneiras para o desempenho do educador ao longo da rotina escolar e para a sua trajetória profissional.

Desafios e perspectivas para a formação continuada

De acordo com uma pesquisa publicada pela Revista Educação, o maior desafio dos gestores escolares é encontrar profissionais qualificados para garantir a excelência do processo de ensino e aprendizagem. Em contrapartida, para os profissionais também é um desafio encontrar oportunidades de se atualizar e de complementar a sua formação entre as demandas da rotina escolar.

Banner E-book O guia essencial do gestor escolar

Já compreendemos porque a formação continuada das equipes é essencial, mas como colocá-la em prática frente a esses desafios? Essa responsabilidade, normalmente atribuída ao gestor pedagógico da instituição de ensino, pode ser compartilhada com o Sistema de Ensino parceiro – e constitui uma das principais vantagens dessa parceria.

Quer saber como o Sistema de Ensino pode ajudar a sua escola com a formação continuada dos professores e outros colaboradores? Confira a lista abaixo!

Treinamento para as equipes da escola

A partir do momento que o gestor identifica uma carência na formação de suas equipes, ele nem sempre está devidamente munido com as melhores propostas ou acaba não dispondo do tempo necessário para desenvolver um plano e atuar de forma ágil e independente sobre a situação. Uma opção possível para a instituição parceira de um Sistema de Ensino seria transmitir essa preocupação ao Sistema parceiro, de forma que ambos possam agir em conjunto para planejar e organizar momentos de treinamento, capacitação técnica, workshops, oficinas e diversos outros momentos de formação para as suas equipes.

Cursos de formação online

Caso o Sistema de Ensino parceiro disponha de soluções tecnológicas, como um ambiente virtual de aprendizagem, essas ferramentas também podem ser úteis para a instituição de ensino na formação continuada de suas equipes. Uma situação que exemplifica esse uso é a possibilidade de ofertar cursos de formação online com certificação para os colaboradores da instituição, a partir das necessidades gerais das escolas.

Encaminhamento para utilização das soluções didáticas

Entre os produtos mais comumente oferecidos pelo Sistema de Ensino estão o material didático e os recursos tecnológicos. Uma das principais atribuições da assessoria pedagógica é oferecer orientação e encaminhamento metodológico, de forma que as equipes da escola estejam capacitadas e preparadas para a utilização das soluções didáticas disponíveis. A partir desse trabalho conjunto, os profissionais da instituição de ensino familiarizam-se com o projeto pedagógico do material e se tornam capacitados para extrair dele as melhores práticas para a realidade dos seus estudantes.

Como saber se o material didático da sua escola é realmente bom?

Atendimento presencial e virtual

Além de orientar a utilização do material didático, visando extrair dele as melhores práticas para a realidade da escola, o Sistema de Ensino parceiro pode estar presente em diversos momentos de interação das equipes pedagógicas, que também são essenciais para a formação continuada. O trabalho de uma assessoria pedagógica efetiva envolve o atendimento – presencial e virtual – de um profissional qualificado para tirar dúvidas pontuais sobre a prática pedagógica, além de acompanhar e dar orientações sobre as reuniões pedagógicas ou a respeito do horário de trabalho pedagógico coletivo, por exemplo.

Material de estudo

Outra possibilidade da parceria com um Sistema de Ensino para a formação continuada das equipes é a oferta de material de estudo relevante para os profissionais das mais diversas áreas, desde os envolvidos com a gestão escolar até aqueles envolvidos diretamente com a prática em sala de aula. Esse material pode ser disponibilizado em um banco de artigos ou em postagens relevantes, que contribuem para o estudo do educador que deseja desenvolver, por conta própria, parte da sua atualização profissional.

Troca de experiências

Uma característica particular dos Sistemas de Ensino é que eles possuem parceria com diversas escolas, as quais podem experimentar realidades de ensino e desafios bastante similares. Nesse caso, o Sistema de Ensino pode funcionar como uma ponte para o intercâmbio de experiências entre essas instituições, ajudando-as na capacitação de suas equipes e na superação dos desafios educacionais. Além disso, por meio da parceria com um Sistema de Ensino, a escola fica mais informada sobre os eventos que são de interesse dos profissionais da educação, como feiras, fóruns, palestras, congressos etc., facilitando a troca de experiências com outros educadores.

Agora que você conhece os benefícios que a parceria com um Sistema de Ensino pode trazer para a formação continuada das equipes de sua escola, que tal conversar com um consultor sobre os desafios da sua instituição?

Banner-3-sistema-de-ensino

Quer saber mais sobre Sistemas de Ensino e como essa solução pode contribuir para melhorar os resultados da sua instituição de ensino? Leia o nosso super post e saiba tudo sobre o assunto!

[1] PERRENOUD, P. Formar professores em contextos sociais em mudança: prática reflexiva e participação crítica. Revista Brasileira de Educação, Campinas, n. 12, p. 5-21, set./dez. 1999. (Disponível online em https://www.unige.ch/fapse/SSE/teachers/perrenoud/php_main/php_1999/1999_34.html).

Tags

Fernanda Andreazzi

Ver todos os artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *