Fim do Ensino Híbrido I Escolas voltam ao ensino presencial!


Fim do Ensino Híbrido

O Ensino Híbrido foi adotado pelas escolas para cumprir os protocolos de segurança de prevenção a Covid-19, com o revezamento da turma em sala de aula, respeitando o distanciamento social.

Com o avanço da vacinação, 112 milhões de pessoas já estão totalmente imunizadas no Brasil e 153 milhões já tomaram a primeira dose, possibilitando o retorno da maioria das atividades, inclusive as aulas presenciais.

No post de hoje, iremos falar a respeito da volta do ensino presencial e do que muda em relação ao ensino híbrido. Será o fim do Ensino Híbrido? Confira o texto completo! 😉

Fim do Ensino Híbrido

Será o fim do Ensino Híbrido?

As escolas adotaram o ensino híbrido durante a pandemia para respeitar o distanciamento social, visto que propõe um revezamento de alunos na sala de aula, mesclando o ensino remoto com o presencial.

Parte da turma assiste presencialmente às aulas no ambiente escolar, enquanto os demais acompanham as aulas on-line. O conteúdo é o mesmo para todos, só o formato é que muda.

Entretanto, muitas instituições de ensino já retomaram 100% as aulas presenciais. Gradativamente todas voltarão às atividades normais, trazendo o fim do Ensino Híbrido.

Apesar das diversas vantagens do ensino híbrido, após mais de um ano sem aulas presenciais, é importante que os alunos retornem para o ambiente escolar, para suprir algumas necessidades que não são possíveis em casa, como a convivência com os semelhantes.

Mesmo que a interação entre os alunos e professores tenha se mantido durante a pandemia, por meio de canais de comunicação virtuais, as relações presenciais são muito importantes.

Interagir somente pelo virtual não é suficiente, mas isso não quer dizer que as escolas precisem abandonar totalmente o sistema híbrido de ensino. É importante para os alunos frequentarem a sala de aula, mas mesclar as duas modalidades pode contribuir para o desenvolvimento de habilidades importantes.

Esse modelo de ensino foi muito útil para atender às necessidades educacionais durante a pandemia e pode continuar a ser adotado pelas escolas, considerando as novas tendências da educação, que estão aderindo cada vez mais às tecnologias a favor da aprendizagem.

Fim do Ensino Híbrido – O que muda agora?

Grande parte das famílias está preocupada com a volta das aulas presenciais, com medo que os alunos sejam contaminados pelo Coronavírus, pois a pandemia ainda não acabou.

Entretanto, as autoridades acreditam que o ensino presencial precisa ser retomado, considerando o longo período que as escolas estavam fechadas, para não prejudicar ainda mais o desenvolvimento dos estudantes.

Mesmo com a retomada de 100% do ensino presencial, as escolas precisam adotar as medidas de segurança estabelecidas pelos protocolos sanitários e os planos de retorno, ou seja, a rotina deverá ser adaptada — todos precisam utilizar máscara, higienizar as mãos constantemente e manter distância.

Com a retomada do ensino presencial, será necessário realizar uma avaliação diagnóstica, para analisar como foi a aprendizagem dos alunos durante o ensino remoto e híbrido.

O objetivo dessa avaliação é verificar o que os alunos aprenderam durante esse período e identificar os pontos específicos nos quais tiveram mais dificuldade, pois assim é possível estabelecer estratégias de recuperação e nortear o trabalho na retomada.

As informações obtidas com o diagnóstico devem guiar o planejamento docente e a escolha por intervenções pedagógicas adequadas, para promover a recuperação dos pontos identificados como críticos.

Com isso, é possível engajar os estudantes e estabelecer um vínculo com a escola, garantindo que a aprendizagem será recuperada e evitando a evasão, visto que muitos abandonaram os estudos durante o fechamento das instituições de ensino.

Vale ressaltar que a avaliação diagnóstica na retomada das aulas presenciais é uma recomendação do Conselho Nacional de Educação com o intuito de verificar a efetividade do ensino remoto e identificar possíveis defasagens no aprendizado durante o período de quarentena.

Essa ferramenta tem um caráter preventivo, essencial para planejar o retorno de maneira organizada, segura e eficiente, considerando que o cenário atual é um tanto incerto.

Outra mudança com o retorno as aulas presenciais é que os alunos terão que se readaptar. Será necessário um acolhimento socioemocional por parte da escola, propondo um espaço para que os alunos dialoguem, expressem suas emoções, tirem dúvidas e peçam ajuda para lidar com as dificuldades.

Após o período de recuperação e readaptação, é possível implementar novamente o ensino híbrido e oferecer os benefícios que esse modelo proporciona aos alunos, estimulando o desenvolvimento de competências essenciais para uma formação integral.

Fim do Ensino Híbrido I Escolas voltam ao ensino presencial!

Fim do Ensino Híbrido – Quais são as vantagens do modelo presencial?

Conforme uma pesquisa do Datafolha, encomendada por Itaú Social, Fundação Lemann e Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), os alunos estão animados com o retorno das aulas presenciais e estão tendo melhor desempenho na aprendizagem do que estudando de forma remota.

Muitos alunos tiveram dificuldades para estudar em casa, pois foi uma novidade para todos da Educação Básica, que já estavam acostumados a assistir aulas na escola diariamente, conviver com os colegas e cumprir uma rotina fora de casa, tão importante para o desenvolvimento.

O ensino remoto impactou a aprendizagem de muitos alunos, especialmente nas etapas de alfabetização, em que a presença do professor é fundamental, pois oferecem uma base mais estruturada para a assimilação de conhecimento do que os familiares em casa.

Entre as dificuldades do ensino remoto estão:

  • Acesso limitado à Internet.
  • Despreparo da família para auxiliar nos estudos remotos.
  • Falta de lugar adequado para estudar.
  • Problemas de comunicação com a escola e os professores.
  • Falta de materiais de estudo.
  • Dificuldade na rotina em casa.
  • Escolas sem estrutura para oferecer o ensino remoto.
  • Professores despreparados para ensinar a distância.
  • Maiores chances de distração nas aulas.
  • Entre outros.

Desse modo, o ensino presencial apresenta muitas vantagens em relação ao ensino remoto, por ser um lugar-comum de toda a comunidade escolar, além de seguir um fluxo habitual de rotina que todos estão acostumados.

Entre outras vantagens do ensino presencial estão:

  • Suporte imediato do professor.
  • Maior foco nos estudos com a supervisão do professor.
  • Comunicação mais efetiva e frequente.
  • Aulas práticas.
  • Trabalhos em grupo.
  • Melhor adaptação a rotina de estudos.
  • Ambiente exclusivo para estudar.

Os dois modelos possuem vantagens, mas o ensino híbrido é ideal, já que combina as duas modalidades de ensino, remoto e presencial, e pode aproveitar o que ambos têm de melhor.

Mas como o modelo híbrido ainda pode ser aproveitado?

O ensino totalmente remoto não é ideal para a Educação Básica, mas, por outro lado, é vantajoso mesclar o remoto e o presencial, como é a proposta do ensino híbrido, que pode continuar sendo aplicado nas escolas como complemento para a aprendizagem.

O objetivo dessa metodologia é que os dois modelos de ensino se complementem e promovam uma aprendizagem mais eficaz, motivadora e personalizada. Por terem propostas diferentes, tornam mais dinâmicas as atividades escolares.

Surgiu com a ideia de inovar o modelo tradicional de ensino por meio da integração entre tecnologia e educação, para estimular o protagonismo do aluno no próprio processo de aprendizagem sozinho ou de forma coletiva.

Ele possibilita a aprendizagem em qualquer ambiente, não somente na sala de aula, e permite que o aluno utilize recursos digitais para aprender com maior autonomia de como, quando, onde ou com quem quer estudar.

É também uma adequação às competências propostas pela Base Nacional Comum Curricular, que inclui a implementação da cultura digital na educação, permitindo que as atividades ocorram na escola e em espaços virtuais, o que proporciona a experiência de aprendizagem em ambos os ambientes e a apropriação da esfera digital cada vez mais.

Os modelos de aplicação do ensino híbrido mais comuns são:

  • Rotação: propõe estudar uma mesma disciplina ou tema específico em plataformas digitais ou realizando projetos em grupo, e também dividir e alternar a turma entre quem estuda na modalidade virtual ou presencial.
  • Sala de aula invertida: consiste em utilizar o conhecimento prévio do aluno, obtido por meio digital em casa, para discutir em sala de aula o tema estudado e compartilhá-lo com os colegas e o professor.
  • Flex: permite que o estudante aprenda utilizando recursos digitais com maior autonomia e conte com o professor para tirar dúvidas sempre que precisar.
  • Laboratório on-line: disponibiliza o curso inteiro em plataforma digital, mas em um ambiente físico. Assim, os alunos estudam no laboratório e também assistem às aulas tradicionais.

Fim do Ensino Híbrido I Escolas voltam ao ensino presencial!

Quais são os benefícios e as vantagens para continuar usando no dia a dia da escola?

As escolas inovadoras já utilizavam o sistema híbrido de ensino, mesmo antes da pandemia, pois ele insere a tecnologia na educação de maneira assertiva e é uma evolução do modelo tradicional, eficaz para ensinar as novas gerações.

O modelo é pautado nas metodologias ativas, que consistem em estimular a participação ativa dos estudantes no desenvolvimento do processo de ensino e aprendizagem.

Outras vantagens do modelo híbrido de educação incluem:

  • Mudança na rotina dos estudos.
  • Autonomia dos alunos sobre o próprio aprendizado.
  • Aproximação com a realidade social.
  • Personalização do ensino.

O modelo híbrido de educação permite diferentes modalidades de atividades e formas de aprender, de modo que todas interagem entre si e se complementam para melhorar a aprendizagem dos alunos. As modalidades que configuram o ensino híbrido são:

  • On-school: refere-se ao que o aluno faz no espaço da escola, pela interação entre professores e colegas nas aulas presenciais.
  • On-line: são as atividades que o aluno faz com a escola, em tempo real, porém com o uso de tecnologias de forma síncrona, como nas aulas on-line.
  • On-time: o que aluno faz além da escola, de modo autônomo e personalizado conforme seu interesse, no tempo e espaço que escolher, fazendo uso da tecnologia de forma assíncrona.

Como o SAE Digital pode ajudar sua escola?

O SAE Digital oferece produtos e serviços de qualidade para possibilitar o ensino híbrido na sua escola. Como parte da solução didática, são disponibilizados recursos digitais para compor a rotina de estudos fora da escola.

Confira alguns recursos do SAE:

  • Ambiente Virtual de Aprendizagem: plataforma adaptativa que permite ao aluno estudar de forma autônoma com a supervisão do professor quando precisar tirar dúvidas e pedir orientações.
  • Realidade Ampliada: promove a proximidade do conteúdo à realidade do estudante com uso de animações em 3D, jogos e simuladores.
  • Sala de Aula Invertida: o aluno tem contato prévio com o conteúdo a ser estudado de forma digital e a distância, e depois discute o que aprendeu em sala de aula com os colegas e o professor.
  • QR Codes: os materiais didáticos impressos contêm QR Codes para acessar pelo smartphone ou tablet, e conferir em vídeos as questões comentadas do Enem.
  • Projetos: metodologia ativa de aprendizagem que promove a elaboração de projetos que incluam recursos digitais, interação e colaboração entre os alunos, como a criação de um blog, por exemplo.
  • Gamificação: atividades escolares com jogos digitais lúdicos, disponibilizados por aplicativos.
  • Mapas Mentais: construção do conhecimento utilizando esquema de ideias visualizadas por multimídias.
  • Livro Digital: todo o conteúdo do material impresso é disponibilizado em formato digital e pode ser acessado a qualquer momento e em qualquer lugar.

___________________________________________________________________

Implemente o ensino híbrido na sua escola com as soluções do SAE Digital! Fale com um dos nossos especialistas e seja nosso parceiro.

Continue acompanhando nosso blog e nossas redes sociais, para saber mais sobre as novidades e como podemos ajudar a sua escola.

Fim do Ensino Híbrido


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos