Diretor, como fazer o planejamento escolar de 2021?


Conforme o fim do ano se aproxima, as escolas já precisam se preparar para o ano letivo seguinte. Embora 2020 tenha sido bastante atípico e trazido muitos desafios, o planejamento escolar de 2021 deve ser o foco a partir de agora, já que os impactos da pandemia se farão presentes no ano que vem e é preciso considerá-los para se planejar, além de utilizar os aprendizados que essa situação nos trouxe como motivação para continuar o trabalho na educação.

planejamento anual

Planejamento escolar de 2021: Avaliação de 2020

A rotina escolar mudou drasticamente neste ano, pegando os gestores escolares de surpresa, que tiveram que reformular todo o planejamento feito para atender às necessidades trazidas pela pandemia.

A determinação das autoridades para o isolamento social fez com que as escolas precisassem ser fechadas e as aulas interrompidas, fazendo com que o ensino remoto fosse implementado. As escolas, os alunos e as famílias precisaram se adaptar a esse modelo de ensino para dar continuidade ao processo de ensino e aprendizagem e não paralisar o calendário escolar. As aulas passaram a acontecer on-line e assistidas pelos alunos em casa, através de ferramentas digitais, e as orientações do professor e encaminhamento de atividades também têm sido feitas pela internet.

A tecnologia ainda não estava totalmente integrada às práticas escolares, mas precisou ser explorada nesse momento e utilizada como instrumento facilitador do processo de ensino e aprendizagem. Entretanto, muitas escolas não ofereciam os recursos necessários para realizar aulas on-line, e muitos professores não estavam preparados para utilizar as ferramentas digitais.

Diante desse cenário, foi possível perceber o despreparo da comunidade escolar para as adversidades, o distanciamento que as famílias tinham da escola e a falta de recursos tecnológicos na educação. Sendo assim, as escolas precisaram se reinventar para continuar trabalhando, os professores tiveram que aprender uma nova forma de ensinar, os alunos precisaram desenvolver habilidades para poderem aprender longe da escola, e as famílias passaram a dar mais suporte e participar ativamente da educação.

Toda crise é uma oportunidade de evoluir e crescer, tanto ao nível individual, quanto coletivo, e as dificuldades nos convidam a sair da zona de conforto para buscar soluções e enfrentar os desafios, estimulando a utilização das habilidades adormecidas, que de outro modo talvez não seriam exploradas. Por mais difícil que tenha sido o ano de 2020, a pandemia trouxe aprendizados importantes para todos e na educação estimulou a inovação, a criatividade, a cultura digital e várias outras habilidades adormecidas.

 

Leia também:

Educação e Coronavírus — Quais são os impactos da pandemia?

Calendário escolar 2020: o que muda com a pandemia?

Quais são os aprendizados com a pandemia?

Diretor, como fazer o planejamento escolar de 2021?Como se planejar e se preparar para 2021?

Ainda não está totalmente definido como será 2021 para a educação, mas é preciso se preparar para os diversos cenários que podem se apresentar, considerando os impactos da pandemia, que podem se estender no ano que vem.

De acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), no Art. 23 §2º, o calendário escolar deverá adequar-se às peculiaridades locais, inclusive climática e econômicas, a critério do respectivo sistema de ensino, sem reduzir o número de aulas previstas em Lei e a quantidade de horas letivas previstas.

Os planos de retomada das aulas presenciais tem como critério essencial o cumprimento dos protocolos de segurança oficiais para a COVID-19, então as escolas precisam se preparar para cumprir todos. O Conselho Nacional de Educação (CNE) divulgou um parecer sobre os procedimentos necessários para a retomada das aulas no contexto da pandemia, que deverá ser seguido para o planejamento escolar de 2021, com o objetivo de:

  • Apoiar a tomada de decisões para o retorno às aulas presenciais.
  • Oferecer diretrizes que orientem o planejamento dos calendários e dos protocolos específicos dos estabelecimentos de ensino, definidos pelas autoridades locais e regionais.
  • Oferecer sugestões e recomendações de cunhos organizacional e pedagógico que podem ser desenvolvidos por escolas e sistemas de ensino.

A orientação do CNE é:

“Que os sistemas e organizações educacionais desenvolvam planos para a continuidade da implementação do calendário escolar de 2020–2021, de forma a retomar gradualmente as atividades presenciais, de acordo com as medidas estabelecidas pelos protocolos e autoridades locais”.

Para isso, o planejamento pedagógico, as tomadas de decisões referentes às ações e estratégias bem como os currículos deverão ser totalmente alinhados a BNCC. Já o acolhimento socioemocional também deverá ser uma das atribuições da escola de acordo com a BNCC, envolvendo o reconhecimento, o entendimento e a gestão das emoções, visando ao desenvolvimento da empatia e da responsabilidade na tomada de decisões,

Levando em conta tais pontos, as principais orientações do CNE para o planejamento escolar de 2021 são:

  • Priorizar o desenvolvimento das competências e habilidades da BNCC.
  • Dar atenção especial à recuperação da aprendizagem e aos processos avaliativos.
  • Respeitar as definições dos critérios de retorno às aulas presenciais, considerando as condições locais da pandemia, orientadas pelas autoridades.
  • Considerar a antecipação do início do ano letivo de 2021 para recuperar os objetivos de aprendizagem que não foram cumpridos em 2020.
  • Realizar avaliações formativas e diagnósticas para identificar as competências e habilidades que os alunos desenvolveram durante o ensino remoto.
  • Avaliações externas devem ser evitadas e realizadas somente após o período de acolhimento, para evitar tensões e estresse.
  • Evitar a retenção de alunos.

Leia também:

Plano de retorno das aulas presenciais para as escolas

Acolhimento socioemocional para o retorno das aulas

Como elaborar um Planejamento Escolar?

Embora o planejamento escolar de 2021 apresente características e necessidades específicas, ainda deve seguir os padrões fundamentais do documento tradicional, digamos assim. O planejamento escolar é um documento que define e orienta as atividades a serem realizadas ao longo do ano letivo, estabelecendo as prioridades, as metas, as normas, os currículos, os recursos e dos demais itens que se façam necessários. Além disso, o planejamento é um compromisso de toda a comunidade escolar com os objetivos da instituição para aquele período, visando garantir a aprendizagem dos alunos e a qualidade do ensino.

Os objetivos principais do planejamento escolar são:

  • Garantir a aplicação das diretrizes nacionais e locais na construção dos currículos e na realidade escolar.
  • Avaliar de que forma o Projeto Político Pedagógico está sendo aplicado no dia a dia da escola e se existe algum ponto que precisa ser revisto.
  • Planejar, organizar e facilitar a rotina dos professores e outros funcionários da escola.
  • Elaborar os currículos e o calendário escolar.
  • Definir papéis claros, objetivos atingíveis e pontos de feedback para toda a equipe escolar.

Os temas a serem abordados na elaboração do planejamento escolar, que deve contar com a colaboração de toda a equipe, são:

  • Análise dos resultados do ano anterior, troca de experiências e aprendizados obtidos.
  • Revisão do Projeto Político-pedagógico (PPP).
  • Definição dos objetivos e das metas referentes à gestão escolar (pedagógica, administrativa e financeira), para orientar o trabalho do novo ano letivo.
  • Planejamento curricular geral e de cada componente específico.
  • Direcionamento pedagógico para a construção dos planos de aula.
  • Programação de uma rotina para a formação continuada do corpo docente e das demais equipes.
  • Elaboração ou revisão das normas escolares de convivência e utilização dos espaços.
  • Definição do calendário escolar e da rotina de avaliações.
  • Definição do calendário de reuniões, eventos e projetos da escola.
  • Construção da grade horária.
  • Distribuição de turmas, salas e materiais.
  • Outras pautas relevantes para a realidade da escola.

Outro aspecto importante do planejamento escolar é buscar o crescimento da sua escola, envolvendo a retenção e captação de alunos, e indo além do faturamento, para oferecer um trabalho de qualidade. Além disso, outros fatores devem ser considerados para a sua escola crescer, como a competitividade, a inovação, o fortalecimento da marca e a proximidade com a comunidade escolar.

Veja algumas dicas para ajudar o planejamento escolar de 2021 com foco no crescimento da sua escola:

  • Conhecer o público-alvo: entender quais são as necessidades e o que procuram os clientes, para oferecer a eles o que buscam.
  • Melhorar a comunicação: aproximar-se dos clientes e estabelecer um bom relacionamento com eles, utilizando recursos de marketing educacional.
  • Valorizar a equipe: investir na formação continuada dos profissionais da escola, no desenvolvimento pessoal e em ações de engajamento.
  • Estabelecer metas: quais ações serão tomadas para alcançar o resultado esperado.
  • Inovação: buscar melhorias constantes, aprimorando as gestões administrativa e pedagógica.

Um bom planejamento escolar também deve incluir uma campanha de matrículas eficiente para captar novos alunos. A campanha de matrícula é a parte em que as matrículas são de fato realizadas, e para isso é necessário operacionalizar as matrículas dos alunos no colégio com preenchimento de formulários, entrega de documentos, pagamentos, entre outras etapas, já que esse é um processo essencial da gestão educacional.

Leia também: Como fazer uma campanha de matrículas eficiente?

planejamento escolar de 2021

Como o SAE Digital pode ajudar?

O SAE pode ajudar a sua escola no planejamento, pois oferece um sistema de ensino completo e de qualidade totalmente de acordo com as diretrizes oficiais da educação, assessoria pedagógica, suporte nas campanhas de matrículas, produtos e serviços para auxiliar as atividades escolares como um todo.

O sistema de ensino do SAE permite a automatização de tarefas rotineiras, fornece material didático atualizado, implementa tecnologias educativas e dá suporte por meio de assessoria pedagógica efetiva.

Para fazer um planejamento escolar de 2021 eficiente, fale com um dos especialistas do SAE e descubra os benefícios do sistema de ensino.

Para ter acesso a mais conteúdos como este e manter-se informado sobre os processos educativos, continue acompanhando nosso blog e nossas redes sociais.

planejamento escolar de 2021

 

Foto: freepik

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos