A relação entre família e escola na formação do indivíduo


O processo de ensino e de aprendizagem envolve diferentes atores que, em conjunto, constroem um ambiente propício e oferecem condições para que crianças e jovens se desenvolvam integralmente. Nesse cenário, a relação entre família e escola tem grande influência.

Confira no post de hoje como a relação entre família e escola pode contribuir para a formação dos alunos.

Qual a relação entre família e escola?

A relação entre família e escola está diretamente relacionada ao desenvolvimento das crianças e dos jovens, pois ambas desempenham um papel na formação integral nos âmbitos pessoal, social e profissional.

A escola tem o papel de proporcionar a formação acadêmica, intelectual e cognitiva, bem como promover o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias para os alunos atuarem na sociedade.

A família, por sua vez, é responsável por ensinar valores e princípios que orientam todas as esferas da vida, bem como proporcionar afeto, cuidados, suporte e suprir as principais necessidades.

A formação dos alunos ocorre nas duas esferas sociais, pois cada uma proporciona diferentes subsídios para a aprendizagem de diversos conhecimentos e oferece experiências próprias, que se complementam. Portanto, família e escola devem estar integradas e participar ativamente da formação de crianças e jovens.

São as principais referências para as pessoas, além de serem importantes ambientes sociais e de convivência, nos quais se aprende todo o necessário para construir a vida pessoal e se tornar um cidadão ativo na sociedade.

Ambas as instituições são fundamentais para o desenvolvimento integral, assim, é essencial estreitar a relação entre família e escola para que possam atuar em conjunto na vida das crianças e dos jovens.

Para realizar seu trabalho com qualidade, a escola precisa da participação da família, que pode contribuir com a identificação de dificuldades e comunicá-las aos professores, acompanhar o desempenho dos alunos, incentivar e orientar os estudos e muito mais.

Em síntese, a relação entre família e escola se desenvolve por meio das seguintes práticas:

PPP

Qual a importância da relação entre família e escola?

A relação entre família e escola é importante, pois ambas as instituições têm o dever e o compromisso de proporcionar educação às crianças e aos jovens, conforme preconiza a Constituição Federal, no artigo 205:

A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.” (BRASIL, 1988).

Família e escola são as principais referências para os alunos e a base para a formação humana e acadêmica. Ambas devem trabalhar em conjunto e se apoiar mutuamente.

Sem a escola, a família não consegue suprir as necessidades educacionais e, sem a família, a escola não é capaz de oferecer todo o suporte emocional e afetivo que as crianças precisam para se desenvolver.

Quando as crianças e os adolescentes recebem apoio para estudar, sobretudo dos pais, sentem-se mais seguros e motivados, pois sabem que não estão sozinhos e que podem pedir ajuda quando tiver dificuldades.

Desse modo, a relação familiar impacta as demais relações do indivíduo, principalmente na escola, que pode ser positiva ou negativa, potencializar ou prejudicar o processo de ensino e de aprendizagem.

Quando os alunos têm problemas em casa, às vezes apresentam comportamentos que dificultam a vida escolar e prejudicam o trabalho docente, como aponta uma pesquisa realizada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), em 2015.

A pesquisa revela que 60% dos professores têm alunos que apresentam comportamentos difíceis, como intimidação verbal. Além disso, perdem 20% do tempo em sala de aula para acalmá-los e tentar organizar a classe para prosseguir com o conteúdo.

Quais os benefícios?

A relação entre família e escola permite o diálogo e compartilhamento de responsabilidades, pois podem intervir e ajudar os alunos na melhora do comportamento e oferecer condições positivas para o desenvolvimento pessoal e acadêmico, que se constroem mutuamente.

Com o apoio e incentivo da família, os alunos se tornam mais engajados nas atividades escolares, faltam menos, apresentam melhor desempenho e estabelecem uma boa relação com os professores e os colegas.

Além disso, a relação entre família e escola possibilita à instituição melhorar suas ações com base nos feedbacks recebidos dos pais e nas informações sobre as dificuldades que os alunos relatam em casa.

Quando a família participa de reuniões e conversa com professores e coordenadores, ela acompanha de perto o desenvolvimento da criança e pode auxiliá-la em eventuais dificuldades, o que melhora o desempenho escolar.

Para que a escola alcance melhores resultados, é fundamental contar com contribuições externas para identificar com mais precisão o que deve ser feito para otimizar as práticas pedagógicas e atender às necessidades dos alunos. Dessa maneira, é importante que a família comunique à escola qualquer reclamação ou sugestão de melhoria.

A escola também pode comunicar as famílias as dificuldades observadas no desenvolvimento dos alunos (acadêmicas, comportamentais e relacionais) que talvez não sejam identificadas em casa, mas causam sofrimento a eles.

A vida de crianças e adolescentes transita entre a escola e o ambiente familiar, e é comum que levem o que aprendem de um ambiente para o outro. Desse modo, quando ambos estão conectados, o processo de aprendizagem é facilitado.

Assim, é seguro afirmar que a relação entre família e escola contribui para o bem-estar de crianças e jovens, que podem contar com a atenção e o apoio que oferecem para se desenvolver de modo pleno e saudável.

Sempre que há trabalho em conjunto, focado nas metas e nos objetivos de interesse mútuo, os resultados são melhores e beneficiam a todos os envolvidos, de modo que toda a comunidade escolar ganha!

Tudo sobre o Ensino Religioso e a BNCC

Qual a importância da família no processo de formação do indivíduo?

A família é a primeira relação social e afetiva de uma criança, a qual pode ser considerada sua primeira escola, pois é nesse espaço que ela aprende a dar os primeiros passos, a se comunicar, a interagir com outras pessoas e a adquirir novas experiências.

O convívio familiar oferece uma importante base para a formação humana, com a transmissão de valores e princípios, acolhimento, orientação e todo o apoio necessário, inclusive na vida escolar.

Ter o apoio familiar gera maior segurança nas crianças, pois sabem que sempre terão acolhimento e ajuda quando precisar e que podem se expressar e compartilhar seus sentimentos, bases fundamentais para a autoestima e o autovalor.

A família também é responsável por promover a autonomia e o protagonismo e por orientar o adolescente a ter experiências próprias e responsabilidade para construir seu Projeto de Vida.

Com a formação escolar, a família contribui ao valorizar as atividades que a criança e o jovem realizam e ao reconhecer a importância dos estudos para a vida, o que melhora a aprendizagem e os incentivam a estudar.

Algumas atitudes que a família costuma adotar para participar da vida escolar dos filhos e contribuir com o processo de formação, incluem:

  • Perguntar frequentemente como foi o dia na escola;
  • Ajudar a fazer o dever de casa;
  • Colocar-se à disposição caso haja algum problema;
  • Incentivar a criança a estudar;
  • Dar importância à vida escolar;
  • Reforçar positivamente as atividades realizadas pela criança;
  • Corrigir o que for necessário;
  • Ensinar bons hábitos para as aulas e o ambiente escolar;
  • Participar das reuniões e dos eventos.

Essas atitudes fazem toda a diferença, pois famílias atenciosas e preocupadas com o futuro de suas crianças e seus jovens contribuem com o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias para uma formação integral.

Como são as relações entre a família e a escola na qual você trabalha?

Como vimos, é muito importante que a relação entre família e escola seja positiva para contribuir com a formação dos alunos e facilitar o trabalho docente. Desse modo, é preciso analisar como está essa relação e buscar melhorá-la, caso necessário.

Perceba se as famílias participam das reuniões e dos eventos, se buscam orientação na escola e com os professores e se acompanham as atividades que os alunos desenvolvem.

Uma forma de avaliar como anda a relação entre família e escola é realizar uma pesquisa de satisfação, cujos dados podem ajudar a identificar o que precisa ser melhorado.

A pesquisa é uma ferramenta simples e objetiva, que pode ser feita por e-mail, basta enviar o link da pesquisa para que a família possa acessar e responder às questões com a nota que considerar adequada. Faça perguntas sobre o papel de cada um na formação dos alunos e o que esperam da escola para aumentar a participação familiar e melhorar a relação.

A escola também pode promover ações para incentivar a participação da família e estreitar a relação, com as seguintes atitudes:

  • Apresentar o projeto pedagógico da escola para a família;
  • Ter uma comunicação efetiva;
  • Engajar os pais pelas redes sociais da escola;
  • Fazer reuniões periódicas com a família na escola;
  • Escutar o que os pais dos alunos têm a dizer;
  • Promover a participação da família na escola em eventos escolares;
  • Organizar palestras, workshops e momentos de troca de experiências.

Como o SAE Digital pode ajudar?

O SAE Digital oferece lives e conteúdos para compartilhar ideias com as famílias, com discussões e troca de informações fundamentais sobre os caminhos da educação.

Nesses espaços temos orientação, entretenimento e formação para a família sobre as novas formas de organizar a escola, de ensinar os conteúdos e de desenvolver as habilidades necessárias para o Projeto de Vida.

___________________________________________________________________

Conheça as soluções do SAE Digital para a sua escola! Fale com um de nossos assessores e saiba mais!

Abordamos assuntos relevantes aqui no blog, que envolvem a educação e a sociedade. Acompanhe! Assine nossa newsletter para não perder nenhum post. Visite também nossas redes sociais para ter acesso a conteúdos exclusivos!

Catálogo 2023


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos