Blog

BNCC do Ensino Médio: Tudo o que você precisa saber

  • Fernanda Penteado
  • 1 ano atrás
  • Atualizada em 20/06/2018
  • 8 min. de leitura
  •  
  • 3.291 visualizações

Texto atualizado em 17 de dezembro de 2018.

A BNCC do Ensino Médio foi homologada pelo ministro da Educação em 14 de dezembro de 2018, durante sessão extraordinária do Conselho Nacional de Educação (CNE).Com isso, a Base Nacional Comum Curricular da Educação Básica, que já tem as etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental homologadas desde dezembro de 2017, está completa.

Em outros posts do Blog, te explicamos mais sobre o que a Base prevê para as etapas iniciais da Educação Básica. Agora, chegou a hora de nos aprofundarmos nas especificidades da BNCC para o Ensino Médio.

Quer saber tudo sobre a BNCC do Ensino Médio? Confira esse post e descubra o que a Base prevê para esse segmento! Vamos lá?

O que é a BNCC do Ensino Médio?

Assim como a já homologada Base Nacional Comum Curricular da Educação Infantil e Ensino Fundamental, a BNCC do Ensino Médio é um documento normativo que define o conjunto de aprendizagens essenciais que devem ser desenvolvidas com base em conhecimentos, competências e habilidades.

A Base entende que, no Brasil, o Ensino Médio além de ser a etapa final da Educação Básica e é, também, um direito de todo cidadão. No entanto, o segmento representa um gargalo na garantia do direito à educação, seja pelo desempenho insuficiente dos estudantes no Ensino Fundamental, pelo excesso de componentes curriculares ou pela distância das escolas entre a cultura juvenil e o mundo do trabalho. Por isso, como prevê a BNCC, é essencial buscar a universalização do ensino.

Diante disso, a BNCC do Ensino Médio está configurada de maneira a dar continuidade ao que já foi proposto e que está em vigor para as etapas iniciais da educação básica.

Assim, as competências gerais estabelecidas para a Educação Básica orientam tanto as aprendizagens essenciais a ser garantidas no âmbito da BNCC do Ensino Médio quanto os itinerários formativos a ser ofertados pelos diferentes sistemas, redes e escolas.

(Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio)

Como já explicamos em outro post, a Base não deve ser compreendida como um currículo, mas sim como um conjunto de orientações que irá conduzir as equipes pedagógicas na construção dos currículos locais.

O objetivo apontado no texto da BNCC é para que a educação brasileira – pública e privada – caminhe para a formação humana integral e para a construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva.

Você já sabe tudo sobre a Base Nacional Comum Curricular da Educação Básica? Ainda não? Clique aqui e descubra tudo sobre a BNCC!

BNCC do Ensino Médio: Tudo o que você precisa saber

Quando a BNCC do Ensino Médio entrará em vigor?

A dúvida de muitos educadores é quando a BNCC do Ensino Médio estará em vigor. Com a sua homologação, ela já tem agora caráter normativo e, de acordo com o Ministério da Educação (MEC), a previsão é que as mudanças comecem a ser aplicadas já no início de 2020.

Segundo notícia veiculada no site do MEC:

Os currículos deverão estar estruturados até junho de 2019. Entre julho e setembro, haverá consultas públicas regionais nos estados. Os novos documentos deverão ser analisados e aprovados pelos conselhos estaduais de educação entre outubro e dezembro, para serem aplicados a partir do início do ano letivo de 2020. As primeiras turmas irão se formar em 2022.

(MEC)

Quais são os principais destaques para o Ensino Médio?

Com a homologação da BNCC do Ensino Médio, os sistemas de ensino e escolas de todo o país passarão a construir os novos currículos e suas propostas pedagógicas tendo em vista as características e culturas locais, assim como as necessidades de formação e as demandas dos estudantes.

Confira a seguir os destaques da BNCC do Ensino Médio! Vamos ler?

  1. Áreas do Conhecimento

Assim como a BNCC do Ensino Fundamental, a BNCC do Ensino Médio está organizada por Áreas do Conhecimento, que são: 1) Linguagens e suas Tecnologias, 2) Matemática e suas Tecnologias, 3) Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e 4) Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Cada área tem suas competências específicas que devem ser desenvolvidas e aprofundadas ao longo da etapa do Ensino Médio, uma vez que o desenvolvimento de algumas já está previsto nas competências de área do Ensino Fundamental.

Confira o esquema abaixo e veja como se dá, na BNCC do Ensino Médio, a estrutura das competências nas áreas do conhecimento e itinerários formativos, que vamos te explicar na sequência!  

BNCC do Ensino Médio: Tudo o que você precisa saber

  1. Itinerários formativos

A Lei 13.415/ 2017, mais conhecida como Reforma do Ensino Médio, também traz mudanças para o currículo do Ensino Médio. Com sua sanção em 2017, foram estipulados cinco itinerários formativos que deverão ser oferecidos para os alunos. Eles são:

  1. Linguagens e suas tecnologias
  2. Matemática e suas tecnologias
  3. Ciências da Natureza e suas tecnologias
  4. Ciências Humanas e sociais aplicadas
  5. Formação técnica e profissional

Esses itinerários:

deverão ser organizados por meio da oferta de diferentes arranjos curriculares, conforme a relevância para o contexto local e a possibilidade dos sistemas de ensino (…) Assim, os currículos e as propostas pedagógicas devem garantir as aprendizagens essenciais definidas na BNCC. Essas aprendizagens expressam as finalidades do Ensino Médio e as demandas de qualidade dessa formação na contemporaneidade, bem como as expectativas presentes e futuras das juventudes.

(BNCC)

Ou seja, os currículos das escolas serão compostos pela BNCC e também pelos itinerários formativos que serão ofertados pelas escolas. Dessa forma, foi estipulado que, no Ensino Médio, 1800 horas serão destinadas para a parte comum da Base e que 1200 horas serão destinadas aos itinerários formativos.

Após a homologação, o MEC informou que o documento dos Referenciais para a Elaboração dos Itinerários Formativos está sendo finalizado. Eles devem ser organizados entre os seguintes eixos estruturantes: investigação científica, processos criativos, mediação e intervenção sociocultural, e empreendedorismo.

  1. Carga horária obrigatória

A BNCC do Ensino Médio prevê como obrigatória, durante os 3 anos, os componentes curriculares de Língua Portuguesa e Matemática. Além disso, a Base fala da flexibilização da organização curricular desta etapa, por meio dos itinerários formativos previstos na legislação brasileira.

Tal flexibilização pretende valorizar o protagonismo juvenil e estimular a interdisciplinaridade no ensino.

  1. Distribuição dos conteúdos

Além da carga horária obrigatória, que te explicamos no item acima, os saberes das demais áreas de conhecimento podem ser distribuídos entre os três anos do Ensino Médio. Dessa forma, eles podem ser ficar concentrados em um, dois ou até mesmo em três anos.

  1. Foco na juventude e protagonismo do aluno

Os jovens e o seu protagonismo permeiam todo o texto da BNCC do Ensino Médio. O documento explica que as escolas devem apresentar ao jovem o mundo como um campo aberto para investigação e intervenção. O objetivo é convocá-los a assumir novas responsabilidades de forma a equilibrar e resolver questões deixadas pelas gerações anteriores, valorizando o que já foi feito e abrindo possibilidades para o novo.

Diante disso, tal foco na juventude e seu protagonismo deve acontecer pela promoção da educação integral –  que se refere aos aspectos físicos, cognitivos e socioemocionais – na preparação básica para o trabalho, na construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva, e pelo compromisso com a interdisciplinaridade dos fundamentos científico-tecnológicos no processo de ensino-aprendizagem.

  1. Mundo do Trabalho

Outra preocupação da BNCC do Ensino Médio, além de formar um jovem para ser protagonista da sociedade em que vive, é começar a prepará-lo para o mundo do trabalho.De acordo com o documento, o atual cenário mundial é cada vez mais complexo, dinâmico e fluído. Assim, as incertezas do mundo do trabalho e das relações sociais acabam sendo um desafio para a educação.

Para tentar superar esse desafio que o cotidiano impõe é necessário, então, caracterizar os jovens não simplesmente como “adultos em formação”, mas como um grupo diverso e dinâmico que faz a diferença e tem poder na definição dos rumos da sociedade. Diante disso, o atual texto da BNCC do Ensino Médio prevê para as escolas a formação de jovens críticos e autônomos para tomar decisões conscientes e responsáveis.  

  1. ENEM

Com a Reforma do Ensino Médio e a homologação da BNCC, o Exame Nacional do Ensino Médio também sofrerá mudanças significativa. Em resumo, a prova que era uma avaliação única, organizada em dois dias de acordo com cada área do conhecimento, passa a ser dividida em duas. Veja abaixo como ela funcionará, a partir de 2021:

  • 1º dia: prova GERAL que terá como referência a BNCC
  • 2º dia: prova ESPECÍFICA de acordo com os referenciais dos itinerários formativos (área exigida pelo curso superior)

Conclusão

Como já falamos no início desse post, com a homologação da BNCC do Ensino Médio, a Base Nacional Comum Curricular da Educação Básica agora está completa e já pode ser implementada nas escolas de todo país.

O prazo final para a implementação da Base, como um todo, é 2020. Mas a partir de 2019 ela já começa a ser introduzida na Educação Infantil e no Ensino Fundamental. No Ensino Médio, a implementação deve começar em 2020 – no primeiro ano do segmento – e seguir até 2022, quando será implementada no chamado “terceirão”. 

Quer saber mais sobre a BNCC nos outros segmentos da Educação Básica? Clique nos links abaixo:

Educação Infantil

Ensino Fundamental – Anos Iniciais

Ensino Fundamental – Anos Finais

E aí, ficou claro para você as principais propostas da BNCC do Ensino Médio? Como sua escola está se preparando para essas mudanças! Deixe sua opinião nos comentários!

Quer saber mais sobre a BNCC e sua implementação nas escolas? Leia o nosso super post  e saiba tudo sobre o assunto! 

 

BNCC do Ensino Médio: Tudo o que você precisa saber

 

Tags

Fernanda Penteado

Ver todos os artigos

8 respostas para “BNCC do Ensino Médio: Tudo o que você precisa saber”

  1. Geovar disse:

    Bem esclarecer e direto ao ponto.. Porém, senti um pouco de falta de referências pontuais no decorrer do texto.
    Como professor e investigador, ir as fontes específica, daria mais veracidade aos fatos aqui apresentados.
    No mais, parabéns pelo material que vem produzindo.

  2. Flavia de Farias Oluveira disse:

    Muito feliz por receber os informes, agradeço com grande satisfação o zelo e gentileza, gostaria de estar sempre recebendo os informes.
    Atenciosamente,
    Flávia Farias

  3. Vânia disse:

    Excelente texto! Muito claro e explicativo parabéns pelo trabalho. Me ajudou bastante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *