Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: conheça a Agenda 2030 da ONU


Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são de interesse de todos nós, por isso é importante refletir sobre eles e fazer a nossa parte por um mundo melhor. Confira no post de hoje a Agenda 2030 da ONU, que inclui a educação entre suas prioridades.

O que é a Agenda de 2030?

A Agenda 2030 é um plano de ação universal, coordenado pela Organização das Nações Unidas (ONU), para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) até esse ano.

Foi adotada em setembro de 2015 por 193 Estados-Membros da ONU, incluindo o Brasil, na UN General Assembly Resolution 70/1, que resultou em um processo global participativo durante dois anos.

Com a coordenação da ONU, governos, sociedade civil, iniciativa privada e instituições de pesquisa contribuíram por meio da Plataforma ‘My World, votando para definir as prioridades do Pacto Global, cujas pautas são:

  • Ações tomadas sobre as mudanças climáticas;
  • Erradicar a discriminação e perseguição;
  • Acesso à internet;
  • Melhores oportunidades de trabalho;
  • Saúde de qualidade;
  • Assistência a quem não pode trabalhar;
  • Proteger florestas, rios e oceanos;
  • Acesso à água potável e saneamento;
  • Um governo honesto e responsivo;
  • Igualdade entre homens e mulheres;
  • Melhores transportes e estradas;
  • Energia sustentável em casa;
  • Proteção contra o crime e a violência;
  • Alimentos acessíveis e nutritivos;
  • Educação de qualidade;
  • Liberdade política.

Além dessas opções, a população pôde sugerir outras prioridades importantes. Essas pautas definiram a agenda 2030, que resultaram no documento “Transformando o Nosso Mundo: A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

A implementação da Agenda 2030 foi iniciada em janeiro de 2016 e deu continuidade à Agenda de Desenvolvimento do Milênio (2000-2015), ampliando seus objetivos.

Ela abrange o desenvolvimento econômico, a erradicação da pobreza, da miséria e da fome, a inclusão social, a sustentabilidade ambiental e a boa governança em todos os níveis, incluindo paz e segurança.

Quais são os 5 princípios da Agenda 2030?

Ao adotarem o documento da Agenda 2030, os países se comprometeram a tomar medidas transformadoras para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nos próximos 15 anos, sem deixar ninguém para trás.

A Agenda 2030 envolve dimensões de ordem econômica, social e ambiental e seu lema é “Ninguém pode ficar de fora”, o que a torna universal, indivisível e integrada, baseada em 5 princípios norteadores que constam no documento.

1.    Pessoas

Estamos determinados a acabar com a pobreza e a fome, em todas as suas formas e dimensões, e garantir que todos os seres humanos possam realizar o seu potencial em matéria de dignidade e igualdade, em um ambiente saudável.”

2.    Planeta

“Estamos determinados a proteger o planeta da degradação, incluindo por meio do consumo e da produção sustentáveis, da gestão sustentável dos seus recursos naturais e de medidas urgentes para combater a mudança do clima, para que possa atender as necessidades das gerações presentes e futuras.”

3.    Prosperidade

Estamos determinados a assegurar que todos os seres humanos possam desfrutar de uma vida próspera e de plena realização pessoal, e que o progresso econômico, social e tecnológico ocorra em harmonia com a natureza.”

4.    Paz

“Estamos determinados a promover sociedades pacíficas, justas e inclusivas, livres do medo e da violência. Não pode haver desenvolvimento sustentável sem paz, e não há paz sem desenvolvimento sustentável.”

5.    Parceria

“Estamos determinados a mobilizar os meios necessários para implementar esta Agenda por meio de uma Parceria Global para o Desenvolvimento Sustentável revitalizada, com base no espírito de solidariedade global fortalecida, com ênfase especial nas necessidades dos mais pobres e mais vulneráveis e com a participação de todos os países, todos os grupos interessados e todas as pessoas. As interconexões e a natureza integrada dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são de importância crucial para assegurar que o propósito da nova Agenda se concretize. Se realizarmos as nossas ambições em toda a amplitude da Agenda, todos sentirão melhoras sensíveis em suas vidas e nosso mundo será melhor.”

Quais são os principais Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030?

A Agenda 2030 é um chamado à ação para mudar nosso mundo e construir um futuro melhor para a população mundial, em que todos possam alcançar seu pleno potencial humano e ter mais qualidade de vida. Também busca fortalecer a paz universal com mais liberdade.

Ela pretende dar continuidade às conquistas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e atingir suas metas inacabadas, ampliando o desenvolvimento sustentável nas suas três dimensões — econômica, social e ambiental — de forma equilibrada e integrada.

Para tanto, os principais objetivos são erradicar a pobreza e salvar o planeta com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que, se alcançados, tornarão o mundo melhor em 2030.

Tudo sobre o Ensino Religioso e a BNCC

Quais são os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o clima e o meio ambiente e garantir que todas as pessoas possam desfrutar de paz e de prosperidade para cumprir a Agenda 2030. São 17 objetivos e 169 metas de ação global.

Conheça os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, disponíveis no site oficial das Nações Unidas Brasil.

1.    Erradicar a pobreza

“Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.”

Para esse objetivo ser alcançado, 7 metas precisam ser cumpridas, começando por erradicar a pobreza extrema, ou seja, pessoas que vivem com menos de US$ 1,90 por dia.

2.    Fome zero e agricultura sustentável

Erradicar a fome, alcançar a segurança alimentar, melhorar a nutrição e promover a agricultura sustentável.

Esse objetivo inclui 8 metas a serem alcançadas, entre elas garantir o acesso de todas as pessoas a alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante todo o ano.

3.    Saúde e bem-estar

Garantir o acesso à saúde de qualidade e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

Esse objetivo pretende assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades, a partir de 13 metas, sendo a primeira reduzir a taxa de mortalidade materna global para menos de 70 mortes por 100 mil nascidos vivos.

4.    Educação de qualidade

Garantir o acesso à educação inclusiva, de qualidade e equitativa, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

São 10 metas para alcançar uma educação de qualidade, começando por garantir que todas as meninas e meninos completem o ensino primário e secundário de forma equitativa, que conduza a resultados de aprendizagem relevantes e eficazes.

5.    Igualdade de gênero

“Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas”.

Para alcançar a igualdade de gênero, são necessárias 9 metas, cujo foco é acabar com todas as formas de discriminação contra todas as mulheres e meninas em toda parte.

6.    Água potável e saneamento

“Garantir a disponibilidade e a gestão sustentável da água potável e do saneamento para todos.”

São 8 as metas que compõem esse objetivo, e o primeiro é garantir o acesso universal e equitativo à água potável e segura para todos.

7.    Energia limpa e acessível

“Garantir o acesso a fontes de energia fiáveis, sustentáveis e modernas para todos.”

Para alcançar esse objetivo, são propostas 5 metas, com acesso universal, confiável, moderno e a preços acessíveis a serviços de energia.

8.    Trabalho decente e crescimento econômico

“Promover o crescimento econômico inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho digno para todos.”

Para alcançar esse objetivo, são necessárias 12 metas, que buscam sustentar o crescimento econômico per capita de acordo com as circunstâncias nacionais e garantir um crescimento anual de pelo menos 7% do produto interno bruto (PIB) nos países menos desenvolvidos.

9.    Indústria, inovação e infraestrutura

“Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação.”

Oito metas são necessárias para alcançar esse objetivo, e a primeira delas é desenvolver infraestrutura de qualidade, confiável, sustentável e resiliente, com acesso equitativo e a preços acessíveis para todos.

10.                   Redução das desigualdades

Reduzir as desigualdades no interior dos países e entre países.”

Com base em 10 metas, pretende-se alcançar a redução das desigualdades, começando por obter e sustentar o aumento da renda dos 40% da população mais pobre a uma taxa maior que a média nacional.

11.                   Cidades e comunidades sustentáveis

“Tornar as cidades e comunidades mais inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis.”

Para esse objetivo, devem ser cumpridas 10 metas, incluindo garantir o acesso de todos à habitação segura, adequada e a preço acessível, e aos serviços básicos e urbanizar as favelas.

12.                   Consumo e produção sustentáveis

“Garantir padrões de consumo e de produção sustentáveis.”

Inclui 11 metas, que iniciam com a implementação de programas sobre produção e consumo sustentáveis em países em desenvolvimento.

13.                   Ação contra a mudança global do clima

“Adotar medidas urgentes para combater as alterações climáticas e os seus impactos.”

São 5 metas estabelecidas para esse objetivo, promovendo primeiramente a resiliência e a capacidade de adaptação a riscos relacionados ao clima e às catástrofes naturais em todos os países.

14.                   Vida na água

“Conservar e usar de forma sustentável os oceanos, mares e os recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.”

Por meio de 10 metas podemos alcançar esse objetivo, prevenindo e reduzindo significativamente a poluição marinha de todos os tipos, especialmente os detritos marinhos e a poluição por nutrientes.

15.                   Vida terrestre

“Proteger, restaurar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, travar e reverter a degradação dos solos e travar a perda da biodiversidade.”

Preservar a vida terrestre depende de 12 metas, assegurando a conservação, a recuperação e o uso sustentável de ecossistemas terrestres e de água doce interiores e seus serviços, em conformidade com as obrigações decorrentes dos acordos internacionais.

16.                   Paz, justiça e instituições eficazes

“Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas a todos os níveis.”

A primeira ação a ser tomada para alcançar esse objetivo é reduzir significativamente todas as formas de violência e as taxas de mortalidade em todos os lugares, seguida de mais 11 metas.

17.                   Parcerias e meios de implementação

“Reforçar os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.”

São 19 metas previstas para esse objetivo, que envolvem finanças, tecnologia, capacitação, comércio e questões sistêmicas (coerência de políticas e institucional, parcerias multissetoriais, dados, monitoramento e prestação de contas).

___________________________________________________________________

O SAE Digital desenvolve soluções para a sua escola oferecer uma educação de qualidade! Para conhecer nossos produtos e serviços, fale com um de nossos assessores.

Acompanhe nosso blog para ler mais artigos como este. Visite também nossas redes sociais e confira conteúdos exclusivos!

Catálogo 2023


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos