Contato com a natureza no desenvolvimento das crianças


Contato com a Natureza 

No mundo atual, as crianças passam mais tempo nas telas e conectadas à internet do que brincando ao ar livre em contato com a natureza, o que pode ser bastante prejudicial para o desenvolvimento dos pequenos.

Continue a leitura deste post para entender o motivo!

contato com a natureza

Qual a importância do contato com a natureza para o desenvolvimento das crianças?

O contato com a natureza é essencial para o desenvolvimento saudável das crianças, pois estimula os sentidos e oferece diversas vitaminas necessárias para o corpo, como a D, obtida pela luz solar.

Estar na natureza é estar ao ar livre, com espaço amplo que possibilita que a criança desenvolva a sua motricidade e utilize os diversos sentidos nas explorações, como, por exemplo, o tato, ao pisar descalço na grama ou na areia, tocar nas árvores, molhar os pés no rio ou mar, entre outros.

O olfato também é estimulado no contato com a natureza, pois torna possível sentir o cheiro das árvores e das flores e melhora a respiração ao inspirar um ar mais puro. Isso melhora a oxigenação do sangue e diminui os batimentos cardíacos e a pressão arterial, além de possibilitar um estado de relaxamento do corpo e da mente.

A visão é ampliada ao ver um espaço aberto, com árvores, flores, animais e lagos, diferentemente do que acontece ao olhar somente para paredes, grades e telas, para quem vive em centros urbanos.

O contato com a natureza também ajuda a melhorar o sistema imunológico, pois, ao entrar em contato com a terra e com os animais, a criança aumenta a diversidade de micróbios e bactérias no organismo, estimulando o corpo a produzir anticorpos.

Contribui com o interesse em ter uma alimentação saudável, pois colher frutas do pé, plantar e colher legumes e verduras, estimula a criança a querer consumir esses alimentos.

Além dos benefícios para a saúde física, o contato com a natureza oferece diversos estímulos que permitem às crianças explorarem e conhecerem o mundo ao seu redor, utilizando diversas habilidades importantes, como a criatividade, a curiosidade, a atenção, a percepção, o pensamento, entre outras funções cognitivas.

O contato com a natureza permite o desenvolvimento biopsicossocial da criança, que estabelece uma interação saudável entre ela e o meio em que vive, que inclui o meio ambiente enquanto parte integrante dos aspectos sociais, psicológicos e biológicos do indivíduo.

Estimula também o interesse pela preservação do meio ambiente nas crianças, pois, estando próximas da natureza, elas entendem a sua importância para a qualidade de vida pessoal e do planeta.

Esse contato, permite às crianças que tenham experiências importantes para o desenvolvimento, como situações imprevistas e desafiadoras, que estimulam a resolução de problemas e a resiliência.

Desse modo, o contato com a natureza contribui com o bem-estar físico, emocional, social e acadêmico. Além disso, previne quadros de obesidade infantil, depressão, ansiedade, déficit de atenção, hiperatividade e estimula o convívio social, a prática de exercícios físicos e a preservação do meio ambiente, bem como hábitos saudáveis em geral.

contato com a natureza

Contato com a natureza – como a escola pode ajudar as crianças e os familiares?

O contato com a natureza precisa fazer parte das atividades escolares para que as crianças compreendam a sua importância e sejam engajadas com a preservação ambiental.

Portanto, é preciso ensinar a elas práticas sustentáveis no uso dos recursos naturais, com base nos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela ONU. Os ODS propõem ações globais para que até 2030 tenhamos melhores condições de vida no planeta, pautadas na sustentabilidade, conforme o 15º objetivo: “Vida terrestre”.

“Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade”.

Segundo a BNCC, a área de Ciências da Natureza tem o intuito de promover o letramento científico, para que os alunos compreendam e interpretem o mundo natural e possam transformá-lo.

Para tanto, eles precisam entrar em contato com a natureza e se reconectar com ela, por meio da teoria e da prática, utilizada como ferramenta pedagógica para trabalhar diversas habilidades.

Ao explorar a natureza e seus diferentes elementos, nas mais variadas situações, a criança está descobrindo e apreendendo o mundo, indispensável desde a Educação Infantil.

Conforme os eixos estruturais desta etapa, entre as experiências que as crianças devem vivenciar, a natureza se faz presente, a partir de atividades que:

  • Incentivem a curiosidade, a exploração, o encantamento, o questionamento, a indagação e o conhecimento das crianças em relação ao mundo físico e social, ao tempo e à natureza;
  • Promovam a interação, o cuidado, a preservação e o conhecimento da biodiversidade e da sustentabilidade da vida na Terra, assim como o não desperdício dos recursos naturais.

As atividades podem incluir um convite para que as famílias participem dessas ações, de modo que elas desenvolvam consciência a respeito da importância e do contato com a natureza, enfatizando a necessidade de preservação ambiental.

Como vimos, a BNCC propõe a aprendizagem e o contato com a natureza tanto na área do conhecimento de Ciências da Natureza, para o Ensino Fundamental e Médio, quanto para a Educação Infantil, como eixo norteador.

Dicas para que os educadores encarem o déficit de natureza

De acordo com o que propõe a BNCC, é possível desenvolver atividades que trabalham a teoria e a prática para estimular o conhecimento sobre a natureza e o contato direto com ela. Veja algumas sugestões:

  • organizar um piquenique em um parque, para observar as aves, as árvores e o rio;
  • fazer uma aula ao ar livre;
  • construir e cuidar de uma horta comunitária com a participação da família;
  • fazer um jardim e praticar a jardinagem;
  • fazer a limpeza de uma praça;
  • praticar a reciclagem de lixo;
  • visitar museus com elementos da natureza em exposição.

 

O SAE Digital desenvolveu a Coleção Sou Criança para a Educação Infantil, que será lançada a partir de 2022.O tema escolhido para ser o fio condutor da coleção são os elementos da natureza, o que garante as mais variadas possibilidades de explorações e vivências.

Para cada um dos cinco grupos da Educação Infantil, temos um elemento da natureza:

  • Grupo 1: Água;
  • Grupo 2: Terra;
  • Grupo 3: Ar;
  • Grupo 4: Fogo;
  • Grupo 5: Seres vivos.

A ideia é proporcionar às crianças que explorem cada um dos elementos da natureza, conhecendo e compreendo melhor a sua função e a sua importância para a vida no planeta.

É no Livro do aluno que estão concentradas as propostas a serem desenvolvidas pelas crianças, de acordo com cada grupo e idade.

No material dos Grupos 1 e 2, as crianças fazem seus registros sobre as experiências vivenciadas na escola. No verso de cada página, a seção para a família apresenta uma informação sucinta do que foi vivenciado naquela proposta, a fim de aproximar as famílias do cotidiano escolar das crianças e estreitar os laços afetivos e comunicativos entre a escola e os responsáveis.

Para os Grupos 3, 4 e 5, buscando direcionar o trabalho pedagógico e dar visibilidade aos macro-objetivos explorados nos volumes, a coleção está dividida em unidades temáticas partindo de quatro grandes áreas: Práticas de Letramento, Estudos da Natureza e da Sociedade, Práticas artísticas e Práticas de Letramento matemático.

Já o Livro do professor é composto de seções elaboradas para orientar o trabalho pedagógico na Educação Infantil. Desde as indicações dos campos de experiências e dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento da BNCC até as sugestões de prática de observação ativa, estão à disposição do professor todas as orientações necessárias para a efetivação das propostas pedagógicas.

Essa coleção tem o objetivo de apoiar as práticas pedagógicas e orientar os professores e a família a trabalhar com as crianças a natureza e o contato com ela, por meio de brincadeiras e interações com o meio.

Contato com a natureza no desenvolvimento das crianças

Como os familiares podem ajudar a mudar esse cenário?

Os pais têm um papel fundamental e podem incentivar as crianças a terem mais contato com a natureza, por meio de atividades simples e de grande significado, como:

  • realizar caminhadas em ambientes com vegetação;
  • incluir a natureza em suas atividades de lazer: ir à praia, fazer trilha, acampar em um sítio, visitar uma cachoeira, entre outros;
  • praticar jardinagem;
  • cultivar hortas em casa;
  • praticar atividade física ao ar livre;
  • andar de bicicleta em vez de usar somente o carro para o deslocamento;
  • estimular uma alimentação a base de produtos naturais;
  • adotar práticas sustentáveis em família;
  • ensinar a criança a separar o lixo corretamente;
  • visitar museus naturais;
  • fazer uma expedição em uma cidade rural para conhecer o modo de vida em meio a natureza.

 

É um dever de todos nós, enquanto sociedade, nos preocuparmos com o meio ambiente e ensinar as crianças a preservarem os recursos naturais, com base na conexão que estabelecemos com a natureza.

___________________________________________________________________

O SAE Digital tem como um dos principais objetivos apoiar suas escolas parceiras na melhoria da qualidade dos processos de ensino e aprendizagem, concebendo soluções didáticas que viabilizem práticas pedagógicas condizentes com o entendimento de uma educação de qualidade.

Conheça nossas soluções para a sua escola: fale com um de nossos assessores!

Acompanhe o nosso blog para ter acesso a mais informações! Visite também nossas redes sociais para conferir conteúdos exclusivos, com dicas e atualidades!

contato com a natureza


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos