O que é Letramento? Saiba tudo aqui!


Um dos objetivos do processo de Ensino e Aprendizagem é formar cidadãos responsáveis, aptos a atuar na sociedade em prol de sua transformação e melhoria. Nesse contexto, o letramento torna-se essencial, considerando que as relações sociais são mediadas pela linguagem.

Vamos saber um pouco mais sobre o letramento? Saiba tudo aqui!

O que é Letramento? Saiba tudo aqui!Conceito de Letramento

A palavra “letramento” se origina da expressão inglesa literacy, cuja etimologia remete ao termo em latim littera, que significa “letra”. Ambas as línguas utilizaram como prefixo a palavra latina e acrescentaram um sufixo para formar um novo conceito. Em português, foi utilizado o prefixo “letra” e adicionado o sufixo “mento”.

O surgimento da palavra foi influenciado por transformações sociais, culturais, históricas, políticas e econômicas, fatores que comumente provocam o surgimento de novos termos e conceitos para designar fenômenos e demandas que surgem na sociedade.

Nesse cenário, o letramento surgiu para atender uma nova realidade social, na qual se tornou imprescindível o desenvolvimento de habilidades a serem utilizadas para ler e escrever no contexto das práticas sociais, não somente realizar a leitura e a escrita de palavras.

Sobre o conceito de letramento, uma das definições mais elucidativas do termo é a apresentada por Magda Soares, professora, pesquisadora e escritora da área da Educação:

Letramento é o resultado da ação de ensinar ou de aprender a ler e escrever, o estado ou condição que adquire um grupo social ou um indivíduo como consequência de ter-se apropriado da escrita”.

De acordo com esse conceito, a capacidade de leitura e interpretação de textos, bem como o uso eficiente da leitura e da escrita, que configuram o letramento, seria resultado ou consequência do processo de alfabetização.

Madga Soares, em seu livro Alfabetização e letramento: caderno do professor, escrito em conjunto com Antônio Batista, também define letramento como:

Conjunto de conhecimentos, atitudes e capacidades envolvidos no uso da língua em práticas sociais e necessários para uma participação ativa e competente na cultura escrita”.

Nessa definição, o conceito de letramento se configura como prática social, extrapolando a leitura e a escrita como requisitos limitados à alfabetização, ou seja, é preciso saber ler e escrever para atuar no mundo.

Em resumo, o letramento é a habilidade de saber ler e escrever de acordo com o contexto das práticas sociais que envolvem a leitura e a escrita, as quais se pautam na linguagem como produto cultural e social.

Conheça os objetivos:

O letramento vai muito além da habilidade de ler e escrever, a qual é, por vezes, desempenhada como uma atividade mecânica, limitando-se a codificar e decodificar palavras. Portanto, os objetivos do letramento são:

  • Dominar a linguagem em todos os contextos;
  • Apropriar-se das práticas sociais de leitura e escrita;
  • Empregar adequadamente a leitura e a escrita nas práticas sociais;
  • Assumir a linguagem como ferramenta de interação com o meio;
  • Perceber a realidade por meio da leitura do mundo;
  • Produzir significados e sentidos por meio da leitura;
  • Elaborar discursos;
  • Interpretar e compreender de textos;
  • Proporcionar reflexões.

A importância do Letramento

O letramento é um processo que permite a inserção do indivíduo na sociedade, que por meio da linguagem se constituiu e se desenvolveu mediante a interação, a comunicação e a atuação sobre o meio.

A sociedade se informa e se comunica por meio da linguagem, e a diversidade cultural e multiplicidade semiótica envolvidas na construção de textos e sentidos, a cada dia requerem interpretação cada vez mais apurada para haver uma compreensão e comunicação eficientes.

As atividades humanas realizam-se nas práticas sociais, mediadas por diferentes linguagens: verbal (oral ou visual-motora, como Libras e a escrita), corporal, visual, sonora e digital” (BNCC).

Neste sentido, a linguagem é um recurso dinâmico e de representação, é uma prática sociocultural que permite atuar sobre o meio e produzir significados, transformando a sociedade por meio da leitura e escrita.

Tal fato ocorre porque os leitores são construtores sociais, sujeitos ativos que constroem e são construídos mediante o texto, pois a leitura é uma atividade dinâmica que estabelece uma relação dialógica entre o livro e o leitor, por meio da qual se constrói o sentido do texto.

Além disso, a leitura amplia a realidade, fornecendo novos instrumentos para sua percepção e um uma espécie de guia para viver em sociedade, pois possibilita utilizar as informações obtidas a seu favor.

Sendo assim, para formar um cidadão letrado, cabe à escola disponibilizar os textos que circulam socialmente, bem como ensinar a produzi-los e interpretá-los, a fim de que o aluno seja capaz de compreender conceitos, apreender uma informação nova, descrever problemas, comparar diferentes pontos de vista e argumentar sobre diversos assuntos, empregando de forma crítica a leitura e a escrita.

O professor tem um papel fundamental nesse processo, pois é ele quem apresenta aquilo que será lido e auxilia na interpretação e construção de significados contidos nos mais diversos contextos, seja em um livro, um texto, uma paisagem, uma imagem, uma partitura, um corpo em movimento e no mundo.

Cabe a ele criar, promover experiências, situações novas e manipulações que conduzam à formação de uma geração de leitores capazes de dominar as múltiplas formas de linguagem e de reconhecer os variados e inovadores recursos tecnológicos, disponíveis para a comunicação humana presentes no dia a dia.” (NEVES et al., 2004, p. 12).

planejamento anual

Tipos de Letramento

O letramento é um processo muito amplo e complexo, e envolve diversos aspectos: pessoais, sociais, culturais, históricos, econômicos, tecnológicos, entre outros. Os letramentos mais conhecidos são:

Letramento Científico

Refere-se ao uso dos conhecimentos científicos para adquirir novos saberes, identificar e interpretar as práticas científicas para utilizá-las no cotidiano, seja na vida pessoal ou social.

O letramento científico relaciona-se à compreensão de conceitos científicos, à capacidade de aplicar esses conceitos e pensar conforme uma perspectiva científica, a fim de atuar sobre o meio e transformá-lo.

Letramento Matemático

Refere-se à capacidade de identificar e compreender o papel da Matemática no mundo e utilizá-la com o objetivo de atender às necessidades do indivíduo no cumprimento de seu papel de cidadão consciente, crítico e construtivo.

Além de utilizar os conhecimentos matemáticos para a realização de atividades práticas, como as operações, possibilita o raciocínio lógico, a argumentação, a comunicação, a modelagem, a colocação e solução de problemas, a representação e uso de linguagem simbólica, formal e técnica.

Letramento Linguístico

É a habilidade de dominar a linguagem em todas as suas dimensões e utilizar os conhecimentos linguísticos no cotidiano, isto é, nas relações sociais, na comunicação e nas ações praticadas socialmente.

Além de possibilitar a capacidade de ler e escrever, o letramento linguístico proporciona as habilidades de interpretar, compreender e dar sentido ao mundo, bem como de transformar o meio social mediante a linguagem.

Letramento Literário

Envolve o processo de apropriação da literatura como linguagem. Por meio das histórias descritas nos livros, é possível ampliar a consciência, conhecer novas possibilidades e modos diferentes de ser.

A literatura permite estimular a criatividade e a produção de significados e sentidos, mediante a interação do leitor com a obra, o que requer habilidades de interpretação e compreensão.

Letramento Acadêmico

Envolve os conhecimentos adquiridos no processo de ensino e aprendizagem, e contempla as habilidades de estudo, escolarização e socialização no ambiente escolar.

Refere-se à produção e sistematização do conhecimento por meio da educação formal, que acontece em uma instituição de ensino, e permite a interação entre os processos internos do indivíduo e os processos sociais, a fim de produzir novas formas de linguagem.

Letramento Digital

Aborda o desenvolvimento de conhecimentos, habilidades e atitudes relacionadas ao uso dos recursos digitais com proficiência, às práticas socioculturais, aos sentidos e às reflexões estabelecidas entre a humanidade e o uso de tecnologia.

Caracteriza-se pelo entendimento das relações humanas mediadas pela comunicação digital, e envolve a compreensão de textos narrativos, análise e interpretação das informações recebidas pelo meio digital e o conhecimento das mídias envolvidas.

O letramento digital permite a utilização adequada das Tecnologias da Informação e Comunicação, graças ao desenvolvimento das competências necessárias adquiridas em conjunto com os demais conceitos que embasam o currículo de referência em tecnologia e computação.

Multiletramentos

Refere-se aos vários tipos de letramento existentes na sociedade, considerando a diversidade cultural, as diferentes formas de produzir textos e a multiplicidade semiótica.

O multiletramento permite uma comunicação mais ampla, pois os textos são expressos em diferentes línguas, mídias e sentidos.

Nesse contexto, o discurso envolve diferentes modalidades: letras, códigos, símbolos, imagens, som, interação, percepção, conhecimento do contexto local e toda habilidade não linear.

letramento

Letramento e Alfabetização

É muito comum confundir letramento com alfabetização, entretanto, são conceitos distintos, mesmo que interajam entre si e sejam considerados indissociáveis e interdependentes.

A alfabetização diz respeito ao conhecimento e aprendizado da escrita alfabética, visando o domínio do sistema alfabético e ortográfico para sua decodificação, ou seja, a aquisição do sistema convencional da escrita.

O letramento é um processo mais amplo, possibilita o desenvolvimento de habilidades, comportamentos e práticas de uso do sistema convencional da escrita na produção e compreensão de textos inseridos nas práticas sociais que envolvem a leitura e a escrita.

Sendo assim, o processo de alfabetização é finito, enquanto o letramento é uma construção permanente, considerando que ao longo da vida nos deparamos com diferentes discursos, aos quais precisamos interpretar e atribuir sentidos.

A principal diferença entre ambos reside no fato de que a alfabetização ensina a codificar e decodificar o sistema de escrita, e o letramento ensina a dominar e empregar adequadamente a linguagem no contexto das práticas sociais.

Exemplos de Atividades de Letramento

O processo de letramento requer o conhecimento teórico e prático sobre a linguagem, portanto, é fundamental propor atividades que estimulem as habilidades dos alunos, como:

  • Projetos de leitura;
  • Produção de textos;
  • Interpretação de textos;
  • Leitura e interpretação de imagens e obras de arte;
  • Práticas artísticas para se expressar;
  • Discussões sobre as leituras;
  • Experimentos científicos e discussões;
  • Trabalhos sobre diferentes culturas e línguas;
  • Resolução de problemas por meio da linguagem;
  • Resolução de problemas por meio dos conhecimentos matemáticos;
  • Utilização de recursos digitais para comunicação e leitura.

Leia também:

Como desenvolver o hábito da leitura na escola

Dia do Livro – A importância do livro na Educação

Letramento digital — Saiba como aplicá-lo em sua escola

___________________________________________________________________

O SAE Digital é o sistema de ensino que se preocupa em disponibilizar os melhores produtos e serviços para ajudar sua escola a oferecer o melhor ensino aos seus alunos.

Para ter os benefícios oferecidos pelo SAE, seja uma das nossas escolas parceiras!

Continue acompanhando o nosso blog para não perder os próximos temas! Visite também as nossas redes sociais para conferir conteúdos exclusivos!

letramento

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos