Plano de Estudos para o Enem – Confira!


Faltando 30 dias para o Enem, como preparar um plano de estudos para arrasar na prova? Uma boa organização pode ajudar os estudantes a rever alguns conteúdos importantes que caem no exame, mesmo em pouco tempo.

Confira algumas dicas no post de hoje!

O que é um plano de estudos?

O plano de estudos é uma ferramenta que auxilia o aluno na otimização do tempo e melhora as funções de aprendizado. Dessa forma, deve-se estudar por etapas, ou seja, conforme o aluno conclui um assunto, novos tópicos e disciplinas são disponibilizados.

Ele é fundamental para guiar os estudos, pois ajuda o estudante a não se perder em meio a tantos conteúdos, além de auxiliá-lo a seguir um cronograma que concilie todos os assuntos que devem ser estudados.

Para ser funcional, um plano de estudos precisa ser personalizado conforme a rotina do aluno. Para quem não conseguiu se preparar com antecedência, mostraremos como criar um plano de estudos administrando o tempo e planejando a rotina.

Quando há uma organização, o estudo segue um fluxo de produtividade, o que evita sobrecarga e ansiedade para a prova do Enem, pois o estudante cumpre a meta estabelecida do que estudar a cada dia nos horário definidos.

Benefícios do plano de estudo

Planos de estudos são ferramentas muito eficazes para organizar o tempo que o aluno tem para estudar. Ao preencher e cumprir esses planos, ele passa a otimizar o tempo e os estudos com disciplina e qualidade.

A organização é fundamental para que o estudo seja produtivo, de modo que traçar um roteiro ajuda a ver todos os conteúdos e possibilita estudar um pouco de cada um deles por dia.

Com ele, também é possível avaliar o conhecimento prévio, o que facilita na hora de identificar quais conteúdos precisam de maior atenção e quais o estudante já está mais familiarizado.

Além disso, o plano de estudo desenvolve disciplina, foco, compromisso, concentração, motivação e produtividade, que são essenciais para assimilar os conteúdos e efetivar a aprendizagem.

Plano de Estudos para o Enem – Quais conteúdos estudar?

Para elaborar um plano de estudo para a prova do Enem, é preciso organizá-lo conforme os conteúdos cobrados, que são divididos em quatro áreas do conhecimento:

  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia.
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Física, Química e Biologia.
  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Literatura, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação.
  • Matemática e suas Tecnologias: Matemática.

O Enem é composto de 180 questões objetivas de múltipla escolha, divididas em 45 questões para cada área do conhecimento, e o conteúdo da avaliação contempla a interdisciplinaridade entre elas.

Além das questões, o estudante precisa escrever uma redação, componente muito importante da prova, que representa 20% da nota final e pode desclassificar o candidato se for zerada.

Trata-se de um texto dissertativo-argumentativo, desenvolvido com base em uma situação-problema da sociedade atual, que deve ter no mínimo 7 linhas e no máximo 30.

Para elaborar um plano de estudo que contemple a redação, o estudante precisa ter como base as competências exigidas, que são:

  • domínio da linguagem escrita formal;
  • compreensão da proposta da redação e aplicação dos conceitos de diferentes áreas no desenvolvimento do tema, obedecendo aos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo;
  • capacidade de seleção, organização, relacionamento e interpretação das informações, assim como argumentos de defesa do ponto de vista;
  • domínio dos mecanismos linguísticos necessários para construir a argumentação;
  • elaboração da proposta de intervenção para o problema abordado respeitando os direitos humanos.

 

 

Plano de Estudos para o Enem – Como os alunos são avaliados?

Para elaborar um plano de estudo, é necessário saber o que estudar e o que será cobrado no e

xame. A avaliação da prova do Enem tem como base cinco competências que se espera dos estudantes:

  • Dominar linguagens: dominar a norma-padrão da Língua Portuguesa e fazer uso das linguagens matemática, artística e científica, e das línguas espanhola e inglesa.
  • Compreender e interpretar fenômenos: construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a compreensão de fenômenos naturais, processos histórico-geográficos, produção tecnológica e manifestações artísticas.
  • Solucionar problemas: selecionar, organizar, relacionar e interpretar dados e informações representados de diferentes formas, para tomar decisões e enfrentar situações-problema.
  • Construir argumentação: relacionar informações representadas de diferentes formas e conhecimentos disponíveis em situações concretas, para construir uma argumentação consistente.
  • Elaborar propostas: recorrer aos conhecimentos desenvolvidos na escola para a elaboração de propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores humanos e considerando a diversidade sociocultural.

Como elaborar um plano de estudo para o Enem?

Organização da rotina

É fundamental que o estudante comece organizando a semana e observando quantas horas tem disponível para estudar, assim, é possível separar um momento específico para se dedicar a essa tarefa.

Deve-se incluir no plano os compromissos importantes, como trabalho, escola, tarefas de casa, descanso, lazer, entre outros, e separar um período entre essas atividades para se dedicar exclusivamente ao estudo.

Este é um momento decisivo na vida acadêmica dos estudantes, por isso é necessária uma preparação especial. Depois da prova, a rotina do aluno estará mais tranquila e ele poderá desfrutar do tempo livre.

Definição de objetivos e metas

Pesquisar a nota de corte para o curso que se deseja ingressar é essencial, pois, assim, o estudante terá uma ideia da média necessária na prova do Enem para concorrer a uma vaga para o Ensino Superior.

Uma área do conhecimento pode precisar de mais acertos dependendo do curso que se pretende realizar, de modo que estar atento a esses detalhes pode ajudar muito na hora de montar o plano de estudo e oferecer um foco ao aluno.

Identificação do estilo de aprendizagem

O plano de estudo precisa considerar o estilo de aprendizagem do estudante, uma vez que cada pessoa aprende de uma maneira e que existem vários tipos de aprendizagem.

Não adianta assistir a videoaulas, por exemplo, se o estudante absorve melhor os conteúdos com a leitura. Por isso, é preciso otimizar o tempo e dedicá-lo ao método de aprendizagem que melhor se adequa ao aluno.

São muitas possibilidades: estudar por meio da leitura, assistir a aulas, ouvir um audiobook, fazer exercícios, escrever resumos, elaborar um mapa mental, entre outros.

Organização das disciplinas e dos conteúdos

Uma boa estratégia é o aluno identificar em quais disciplinas possui menor conhecimento para dar maior atenção na hora de estudar. Ele pode se dedicar um dia ao estudo de Linguagens, por exemplo, e reservar três para Matemática, caso tenha mais dificuldade, e assim por diante.

 

Cronograma

Estabelecer um dia e horário específicos para cada disciplina, dedicando um período para estudar aquele conteúdo sem perder o foco, será de grande ajuda para o sucesso do estudante na hora de montar o plano de estudos. Dessa forma, após concluir uma tarefa, ele poderá passar para a próxima matéria, a fim de garantir que tudo será estudado.

Otimização do plano de estudo para o Enem

Algumas atitudes que podem ajudar a facilitar os estudos dos alunos são:

  • estabelecer um local para estudar que seja silencioso, confortável e reservado;
  • manter horários fixos;
  • ter ao alcance todos os materiais necessários;
  • evitar distrações;
  • cuidar do corpo fazendo alongamentos, bebendo água e alimentando-se bem;
  • cuidar da mente fazendo exercícios de respiração para manter a calma e o foco;
  • utilizar técnicas de gerenciamento de tempo, como a Técnica Pomodoro;
  • fazer pausas.

Plano de estudo para o Enem – Exemplos

Ciências Humanas e suas Tecnologias:

História, Geografia, Filosofia e Sociologia.

Competências esperadas:

  • compreender os elementos culturais que constituem as identidades;
  • entender as transformações dos espaços geográficos como produto das relações socioeconômicas e culturais de poder;
  • conhecer a produção e o papel histórico das instituições sociais, políticas e econômicas, associando-as aos diferentes grupos, conflitos e movimentos sociais;
  • entender as transformações técnicas e tecnológicas, e seu impacto nos processos de produção, no desenvolvimento do conhecimento e na vida social;
  • utilizar os conhecimentos históricos para compreender e valorizar os fundamentos da cidadania e da democracia, favorecendo uma atuação consciente do indivíduo na sociedade;
  • compreender a sociedade e a natureza, reconhecendo suas interações no espaço em diferentes contextos históricos e geográficos.

O que estudar:

  • diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade;
  • formas de organização social, movimentos sociais, pensamento político e ação do estado;
  • características e transformações das estruturas produtivas;
  • os domínios naturais e a relação do ser humano com o ambiente;
  • representação espacial.

Cronograma:

  • Dia da semana: segunda-feira
  • Horário: das 10h às 11h
  • Conteúdo: História do Brasil
  • Roteiro de estudo: fazer um resumo com os principais fatos históricos do país.

Plano de Estudos para o Enem – Confira!

Plano de Estudos para o Enem – Dicas

O Plano de estudos para o Enem pode ser feito em uma agenda ou planner, mas já existem aplicativos que podem ajudar o estudante de maneira mais prática, sendo possível acessá-los no computador, no celular ou no tablet. Confira alguns:

Google Agenda

É uma agenda digital gratuita do Google. Com ela, é possível anotar as atividades a serem realizadas em cada dia e horário, oferecendo um lembrete para cada uma delas.

Google Keep

É um serviço de anotações oferecido pelo Google, que permite armazenar arquivos como artigos, textos, imagens, vídeos e áudios. Tudo para ajudar o aluno com os estudos!

Evernote

É um aplicativo que oferece um banco de anotações para inserir as atividades que precisam ser realizadas. Ele permite organizar os arquivos de estudo, armazenar links, criar recursos inteligentes, fazer pesquisas etc. Além disso, uma facilidade é que ele também funciona no modo offline.

Trello

É um site de gerenciamento de tarefas, no qual é possível montar listas de atividades para organizar os estudos preenchendo os quadros com assuntos específicos e informações necessárias.

___________________________________________________________________

Conheça as soluções do SAE Digital para arrasar no Enem! Fale com um de nossos assessores agora mesmo!

Acompanhe o nosso blog para conferir mais conteúdos como este! Visite também nossas redes sociais para saber mais novidades!

Plano de Estudos para o Enem


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos