Blog

Simulados Enem: 6 razões para aplicar e melhorar o desempenho de seus alunos

  • Fernanda Penteado
  • 1 ano atrás
  • Atualizada em 22/08/2018
  • 5 min. de leitura
  •  
  • 466 visualizações

Principal meio de ingresso dos estudantes ao ensino superior por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) cresceu quatro vezes em sete anos. Só no primeiro semestre de 2018 foram abertas mais de 230 mil vagas em 130 instituições. Mas para concorrer a uma dessas vagas, a preparação dos estudantes é grande. Muitos deles se preparam para a prova durante o chamado “terceirão” e os Simulados Enem, aplicados geralmente pela própria escola, são fundamentais para obter sucesso no exame.

No entanto, mesmo que o uso seja mais comum na preparação para os vestibulares e Enem, os simulados, de modo geral, também podem ser aplicados em outras etapas da educação básica. Eles são uma ótima oportunidade para avaliar o aluno, seu aprendizado e entender suas dificuldades e quais áreas do conhecimento precisa de mais aprofundamento, por exemplo.

Ao entender a importância dos simulados e como ele é essencial principalmente para preparar seus estudantes para entrar na universidade, preparamos esse post com 6 razões para aplicar os Simulados Enem em sua escola. Vamos conferir?

1.      Promove a vivência da prova

Um dos maiores benefícios de utilizar os Simulados Enem no preparatório para o exame é, com certeza, a vivência que os alunos terão da dinâmica das provas.

Por isso, é importante que na hora de aplicar essa prova, a escola siga todas as regras de aplicação de prova do Enem, por exemplo: horário de abertura e fechamento dos portões, horário de começo e fim da prova, tempo de prova, entre outros.

Quanto mais próximo a escola chegar das regras e da dinâmica do Enem, melhor será a preparação do aluno nesse quesito. Esse é o momento para ganhar segurança e mais confiança para o dia oficial.

Você sabia que um Sistema de Ensino pode te ajudar com os simulados e com o preparatório de modo geral? Clique aqui e saiba como!

2.      Treina o tempo de resposta às questões

Com os Simulados Enem, o estudante também pode treinar o tempo de resposta às questões e entender em quais áreas ele demora mais e em quais tem mais facilidade para responder. Ou seja, com a prova aplicada na escola ele pode compreender a melhor forma de realizar a prova e responder tudo com calma e no tempo que é estipulado pelo Inep. Tal prática gera resultados excelentes na hora de aplicar o que sabe na hora da prova.

Aqui é importante lembrar que, além de responder as questões, o preenchimento do gabarito e a produção da redação também fazem parte do tempo de prova. Portanto, além de treinar o tempo de resposta às questões, o simulado contribui para essa organização do aluno.

3.      Prepara o aluno emocional e fisicamente

Se durante a aplicação de uma prova comum na escola, os alunos já têm um grande desgaste emocional e físico, imagine em uma prova extensa como a do Enem. Sem dúvidas, o desgaste e o cansaço é muito maior.

Entretanto, com a aplicação dos simulados as instituições de ensino acabam contribuindo no preparo emocional e físico do estudante ao realizar uma prova desta.

Além das orientações e dicas dadas pelos professores em como se comportar diante de uma prova do Enem, por meio dos simulados a escola permite que o aluno treine na prática questões relacionadas ao tempo de prova, ao cansaço, à ansiedade e até mesmo ao que fazer quando não se sabe ou está em dúvida na resposta de uma questão.

banner_horizontal_questoesENEM

4.      Avalia as habilidades do aluno e gera dados de desempenho

Os simulados também são ótimas oportunidades para avaliar as habilidades do estudante. No caso do Enem, o simulado revela quais áreas o aluno tem mais afinidade e quais ainda tem dificuldades a partir dos dados de desempenho que podem ser gerados.  

Como ele antecede a prova oficial e normalmente é aplicado pelo menos duas vezes ao ano, tanto escola quanto estudante ainda tem tempo hábil para trabalhar juntos e criar um plano para revisar o conteúdo, tirar dúvidas e melhorar seu desempenho.

5.      Personaliza o estudo

A partir dos dados gerados pelo resultado dos simulados Enem, a escola pode personalizar o estudo de seus alunos, sabia? Com esse relatório, a instituição consegue orientar cada aluno na área que precisam estudar mais e em quais conteúdos devem rever.

Dessa forma, a coordenação em parceria com os professores pode montar um plano de estudos e verificar a possibilidade de aulas no contraturno para melhorar o aprendizado dos alunos. A ideia dessas aulas é reforçar os conteúdos em que a turma tem mais dificuldade e tirar as dúvidas dos estudantes. 

6.      Melhora o desempenho dos alunos e, assim, o reconhecimento da escola

Além dos inúmeros benefícios que trouxemos aqui sobre a importância dos simulados Enem, podemos afirmar também que a aplicação dessa prova melhora o desempenho dos alunos na prova oficial e, consequentemente, o reconhecimento da escola.

Se a escola tem um ótimo preparatório para o Enem, o índice de aprovação dos alunos no SISU deve ser expressivo – o que a torna referência na preparação para o Exame e atrai mais pais e estudantes para conhecer a instituição.

Quer mais dicas para preparar seu aluno para o Enem? Clique aqui e confira o post que preparamos!

E a correção dos Simulados Enem?

Da mesma forma que a aplicação dos simulados Enem devem representar a dinâmica do dia oficial da prova, a correção do simulado também deve ocorrer de acordo com os critérios utilizados pelo Inep: a Teoria de Resposta ao Item (TRI), além de utilizar os critérios de correção da redação.

E na sua escola, como acontece a aplicação dos simulados Enem? Inscreva-se na nossa Newsletter se quiser receber mais conteúdos como este.

Banner-2-Sistema-de-ensino

Tags

Fernanda Penteado

Ver todos os artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *