string(0) ""

Festa Junina na pandemia? 10 dicas e brincadeiras!


A Festa Junina na pandemia é uma preocupação das instituições de ensino, visto que se trata de um dos eventos mais aguardados pelos alunos e pelas famílias. Por isso, as escolas precisam se reinventar e pensar em alternativas para promover o evento mesmo diante do isolamento social.

Este costuma ser um evento muito apreciado pela comunidade escolar, pois é uma tradição brasileira que já faz parte do calendário da escola e que mobiliza a participação de todos.

Instagram SAE Digital

Saiba mais sobre a Festa Junina

É uma festa com músicas, roupas, comidas, danças e brincadeiras típicas, que são geralmente vivenciadas somente no evento, o que o torna mais divertido e esperado.

Faz referência à Festa de São João, que celebra em junho a colheita do milho e as chuvas caídas nas lavouras da Região Nordeste do país, que costuma ser bastante árida.

A festividade comemora e agradece a fartura da época, com comidas feitas a partir do milho, celebrada em um local amplo com barracas para fazer a refeição e com decoração alegre – chamado de arraial.

Todas as regiões do Brasil adotaram a comemoração, que costumava ocorrer nas pequenas cidades onde a vida rural era mais comum, assim como os costumes caipiras.

As músicas típicas da festa utilizam instrumentos como o cavaquinho, a sanfona, o triângulo e o reco-reco, e suas letras expressam o folclore e a realidade local, com ritmos alegres e dançantes.

Destaca-se como dança típica da festa junina a quadrilha, geralmente feita em pares e em grupos grandes, com passos marcados e sincronizados, guiados por um mestre que dá as instruções dos passos seguintes.

As roupas utilizadas são características do povo caipira: camisa xadrez, calça remendada, vestidos bastante decorados (com fitas e rendas), chapéu de palha, botina etc.

Para a decorar a festa, são utilizados bandeiras, fitas, flores, balões, fogueira, entre outros. Hoje em dia, é comum que a fogueira seja feita de papel ou tecido, mas ela também pode ser feita de modo tradicional em um espaço aberto.

As comidas típicas são principalmente feitas de milho: milho-cozido, pamonha, pipoca, canjica, bolo de milho, pé de moleque, paçoca, quentão, pinhão, batata-doce, entre outros.

O entretenimento ocorre com diversas brincadeiras, como pescaria, bingo, tiro ao alvo, corrida de saco, casamento de mentira, gincanas, cadeia, correio elegante, cabo de guerra, dança da cadeira, entre outros.

Atualmente, a sociedade se distanciou muito dessa realidade rural, mas adaptou a comemoração para relembrar as tradições. Nas escolas, essa é uma forma de apresentar às novas gerações a cultura do país por meio dessas atividades lúdicas.

Mesmo em meio à pandemia, é importante que as instituições de ensino encontrem alternativas para realizar o evento, de preferência no formato on-line, respeitando os protocolos de segurança.

Leia mais:

Festa junina na escola: 5 dicas para engajar seus alunos nesse projeto

 

Festa Junina na pandemia? 10 dicas e brincadeiras!

Festa Junina on-line na pandemia

A Festa Junina na pandemia pode ser um evento para animar os alunos e as famílias, que têm passado muito tempo em casa e com poucas opções de entretenimento diferente. É uma forma de matar a saudade de atividades que eram comuns e estão fazendo falta.

Eventos escolares são muito importantes para estimular o engajamento dos alunos, promover atividades dinâmicas para sair da rotina e promover a participação da família e a interação entre a comunidade escolar.

Em tempos de isolamento social, os eventos on-line são ótimas alternativas para a sua escola não deixar passar em branco as datas especiais, sempre esperadas pelos alunos.

Além disso, essas atividades promovem a cultura digital, competência essencial para os dias atuais, pois permite a comunicação e a interação entre todos a partir da tecnologia, ampliando as possibilidades quando não se pode realizar atividades presenciais.

Algumas vantagens dos eventos on-line são:

  • Menor custo: utilizar ferramentas digitais de comunicação permite explorar os recursos gratuitos e evita gastos com materiais, espaço físico e prestações de serviços em geral.
  • Mais praticidade: produzir um evento on-line para a sua escola é mais simples, requer menos recursos e menos tempo, além de precisar somente de computador/celular com acesso à internet.
  • Comodidade: pais e alunos podem participar do evento e interagir sem sair do conforto de sua casa e sem se preocupar com o trânsito, o que também evita gastos adicionais.
  • Inovação: inserir a tecnologia no dia a dia escolar já é uma prática das escolas inovadoras, e realizar eventos on-line reforça esse compromisso.
  • Estimula a participação dos pais: a realização on-line dos eventos facilita a participação dos pais, aproximando-os da escola e promovendo a interação, devido à praticidade e à comodidade.
  • Gera credibilidade para a escola: isso porque demonstra a preocupação em oferecer alternativas para que todos participem e se aproximem da escola, ao promover atividades e abrir espaço para dialogar e conhecer o trabalho da instituição.
  • Maior visibilidade: mais pessoas podem participar, a divulgação tem um alcance maior, e o vídeo do evento pode ser disponibilizado para ser assistido posteriormente.

Esse pode ser um momento para a sua escola inovar e mostrar que não há barreiras para a aprendizagem e para a interação entre a comunidade escolar por meio da tecnologia!

Festa Junina na pandemia? 10 dicas e brincadeiras!

Confira 10 ideias para a Festa Junina na pandemia

Sugerimos 10 ideias alternativas ao modelo tradicional para a sua escola promover a Festa Junina na pandemia. Confira!

1.   Bingo on-line

O bingo é uma das atividades mais tradicionais e mais esperadas pelos participantes da festa, pois envolve um jogo que oferece prêmio ao ganhador, sendo muito dinâmica e divertida.

A escola pode realizar o bingo on-line e ao vivo por meio de uma plataforma digital. Assim, os alunos e as famílias participam em casa e podem receber o prêmio pelos correios ou mediante retirada na secretaria.

As cartelas também podem ser distribuídas ou vendidas on-line, visto que existem diversos sites e aplicativos que geram cartelas de bingo. O sorteio dos números podem ser feitos ao vivo no dia e no horário estipulados.

A pessoa que irá comandar a atividade pode estar vestida à caráter e montar um cenário com uma decoração típica, convidando os participantes a entrarem no clima da festa.

2.   Gincanas on-line na Festa Junina na pandemia

As gincanas são muito comuns nas festas juninas e são excelentes atividades para promover a interação entre a comunidade escolar. Elas têm propósitos recreativos e educativos por meio da realização de provas que demandam habilidades físicas e intelectuais.

Um professor pode promover um encontro on-line, no qual dá os comandos para realizar a brincadeira com a família ou com os colegas que acompanham a videochamada, por exemplo.

Ele pode solicitar ao aluno que encontre em casa determinado objeto em um período estipulado para cumprir a prova. Por exemplo: “Encontre um botão em 1 minuto”. Quem conseguir mais pontos, vence a gincana.

O professor pode recomendar aos alunos que se vistam à caráter para ficar mais divertido e colocar as músicas tradicionais das festas juninas de fundo, para sentirem que realmente estão celebrando a festa.

3.   Quadrilha on-line

A quadrilha é outra atração muito divertida das festas juninas e quase todos os alunos costumam participar. É possível adaptar essa atividade para ser realizada em casa, mas sem perder a sua essência.

O professor, que costuma ensinar aos alunos a dança e realiza os ensaios da apresentação, pode fazer isso por meio de videoaulas, nas quais os alunos assistem às aulas e treinam os passos.

É possível fazer uma apresentação individual em um encontro on-line, em que todos estão vestidos à caráter e com as músicas típicas para acompanhar. Também é possível decorar o espaço com itens característicos da festa.

4.   Fazer uma festa junina em casa

A escola pode propor à família montar com o aluno uma festa junina em casa, confeccionar bandeirinhas e balões para decorar o espaço, se vestir a caráter, fazer comidas típicas, colocar músicas e dançar, fazer brincadeiras.

É uma forma de estimular a participação da família neste momento em que os alunos não estão tendo muito contato social. Os familiares podem gravar vídeos e tirar fotos para compartilhar nas redes sociais da escola, por exemplo.

5.   Drive-Thru na Festa Junina na pandemia

A escola pode promover uma festa junina no estilo drive-thru. Assim, os alunos vão até a escola de carro com a sua família e podem comprar comidas típicas, sem sair do automóvel, para comer em casa, bem como receber brindes e lembranças do evento.

É interessante que a escola decore o ambiente de acordo com o tema, que os colaboradores estejam vestidos com as roupas específicas e que no local esteja tocando músicas tradicionais da festa.

6.   Drive-In

A festa junina pode ocorrer no estacionamento da escola, onde cada família participa de dentro do seu carro do evento, ouvem às músicas, participam do bingo, podem interagir a distância, e os alunos podem ver seus colegas mesmo que de longe.

Para tornar mais divertido, a escola pode solicitar a todos que estejam vestidos a caráter e decorem os carros, assim como a decoração do espaço estará de acordo, como se fosse uma festa tradicional.

7.   Videoaula temática

O professor de Artes pode promover uma aula on-line, temática de festa junina, e ensinar os alunos a confeccionar itens típicos do evento, como dobraduras de papel em formato de balão, bandeirinhas, chapéu, roupas, entre outros.

Esses itens podem ser utilizados para decorar o quarto, por exemplo, e celebrar a data em casa com a família, utilizando a roupa customizada na aula e preparando pratos típicos.

8.   Arraial on-line na Festa Junina na pandemia

A escola pode promover um encontro on-line para comemorar a festa junina. Cada professor fica responsável por uma turma, definindo um dia e horário para o encontro.

Professor, alunos e familiares podem tomar um café da tarde juntos, com os pratos típicos, decoração, trajes e músicas, por meio de uma videochamada, por exemplo. Assim, todos podem interagir e celebrar a festa com mais segurança.

9.   Preparar comidas típicas

Certamente os alunos sentirão falta da festa junina na escola, principalmente por conta das comidas, que eles adoram! Para que não fiquem com vontade, é possível buscar uma alternativa.

Por exemplo, o professor pode realizar uma aula on-line ao vivo, com a participação dos alunos, para ensinar-lhes a fazer pratos típicos da festa junina, com a supervisão de um familiar.

10.  Contação de histórias on-line na Festa Junina na pandemia

A festa junina é rica em elementos culturais, como o folclore, mas muitas crianças da nova geração não conhecem a sua origem. Sendo assim, a contação de histórias pode ser uma excelente oportunidade para apresentar aos alunos os elementos folclóricos por meios das histórias.

O professor pode promover um encontro on-line para contar histórias sobre a festa junina, estando devidamente caracterizado e com o ambiente decorado, para engajar os alunos e unir um momento de entretenimento ao conhecimento.

 

Festa Junina na pandemia

___________________________________________________________________

O SAE Digital está sempre oferecendo soluções para ajudar a sua escola nos desafios do dia a dia. Faça parte do nosso time! Continue acompanhando nosso blog e nossas redes sociais para ter acesso a mais conteúdos.

Festa Junina na pandemia


Imagem: Freepik

 


2 respostas para “Festa Junina na pandemia? 10 dicas e brincadeiras!”

  1. Margareth Nunes disse:

    Estou fazendo com meus pequeninos, juntamente com seus familiares e acompanhantes, uma semana bem diversificada, relembrando a Festa Junina, com pwrguntas, beincadeiras e artesanatos feito com papeis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos