Dia da escola – 5 dicas para comemorar essa data na escola

Comemorar datas especiais com os alunos é um costume nas escolas, especialmente na Educação Infantil, e o Dia da Escola é uma dessas celebrações que envolvem a todos.

Existem as datas consideradas feriado nacional, mas muitas datas comemorativas pouco conhecidas, como o Dia da Escola, apresentam significados importantes para o aprendizado e devem ser desenvolvidas com os alunos.

Celebrar datas comemorativas na escola é importante para ensinar as crianças sua relevância, além de ser uma oportunidade de abordar e desenvolver temas importantes para a formação e a conscientização dos estudantes.

Confira também:

Atividades para o Dia das Crianças: dicas para comemorar à distância

Encerramento do Ano Letivo — Como organizar?

Dia das Crianças na escola: 8 atividades para incluir em sua programação

 

O que é Gestão de Resultados Educacionais?

O que é o Dia da Escola?

O Dia da Escola no Brasil é comemorado em 15 de março. Embora não seja considerado um feriado nacional, é celebrado anualmente nas instituições de ensino para ressaltar a sua importância.

A data existe justamente para comemorar o significado da escola, considerada o segundo lar dos alunos e da equipe que nela trabalha, além de seu importante papel na sociedade.

A Educação é obrigatória no Brasil, e o principal ambiente onde ela acontece é a escola. De acordo com o Ministério da Educação, crianças a partir dos 4 anos de idade até os 17 anos devem frequentar as instituições de ensino e completar a Educação Básica.

Historicamente, a Escola não era tão acessível assim, e a própria origem da palavra revela esse fato. A palavra “Skholé”, do grego, referia-se ao tempo livre que as pessoas dispunham, associado ao descanso e até ao lazer.

Na Grécia antiga, onde se tem notícia de que as primeiras escolas foram criadas, somente quem não trabalhava podia se dedicar aos estudos, como os filósofos, que eram aptos a realizar atividades físicas e mentais.

Nesse contexto, o intuito da escola era formar os homens das classes dirigentes para governarem futuramente, de acordo com o esperado pela sociedade, restringindo a educação a um pequeno grupo.

Na Idade Média, a educação passou a acontecer nas escolas e nos mosteiros, onde os religiosos eram os responsáveis por transmitir o conhecimento apenas à elite.

Com o desenvolvimento do comércio, surge a necessidade de aprender a ler, escrever e contar. Assim, a burguesia passou a estimular a existência de uma escola com ensinos práticos para a vida e para os interesses da classe emergente.

A Revolução Industrial também fez com que a escola alcançasse mais pessoas, pois a necessidade de mão de obra para operar as máquinas demandaria uma instrução básica mínima e serviria como forma de disciplinar os trabalhadores.

No Brasil, as primeiras escolas foram fundadas pelos jesuítas quando chegaram no país em 1549. O objetivo principal era catequizar os índios, mas os jesuítas também ensinavam as elites.

Somente no final do século XIX é que a educação pública foi instituída no Brasil, quando o processo de industrialização começou a expandir e precisar de profissionais qualificados.

A partir disso, a escola foi ganhando força na sociedade e tornou-se foco de discussões, dando origem a diversas teorias sobre a educação, até chegar a Paulo Freire, expoente da educação brasileira.

Para ele, a escola é um lugar de diálogo entre as pessoas a partir da interação com o meio, um espaço político para a organização popular, sendo possível transformar o mundo por meio da educação.

Sua visão revolucionou os conceitos de escola e educação, como podemos ver nesta citação de 1980:

“Não devemos chamar o povo à escola para receber instrução, postulados, receitas, ameaças, repreensões e punições, mas para participar coletivamente da construção de um saber, que vai além do saber de pura experiência, que leve em conta as suas necessidades e o torne instrumento de luta, possibilitando-lhe transformar-se em sujeito de sua própria história” (FREIRE, 2005, p.16).

Atualmente, existem diversas teorias pedagógicas e diretrizes legais para embasar a educação, que garantem o direito a uma formação integral dos estudantes, tornando a escola o pilar para o desenvolvimento humano, em todos os aspectos.

O que é Gestão de Resultados Educacionais?

Qual a importância de se comemorar o Dia da Escola?

Comemorar a data, é de suma importância para relembrar qual a sua missão na sociedade e seu papel na vida de cada um de nós, além de conscientizar os alunos e toda comunidade escolar do seu valor.

Nos dias atuais, a escola tornou-se um lugar para todos, e a educação é um direito garantido pela lei, voltada à formação integral do indivíduo, muito diferente de seu conceito inicial.

A escola é o principal ambiente onde a educação acontece e é um dos pilares da sociedade, melhorando o desenvolvimento humano em vários sentidos e construindo um mundo melhor.

Sua contribuição vai muito além da transmissão de conhecimentos teóricos e da formação acadêmica, tendo em vista que ela forma cidadãos e colabora com a transformação do meio social para o bem comum.

Leia também: O valor da escola e a importância para alunos e famílias

Confira 5 dicas para comemorar essa data na sua Escola

A comemoração pode ser feita por meio de atividades escolares ou em um evento que envolva mais pessoas, com a participação dos pais ou responsáveis.

A ideia é que os alunos façam uma homenagem à escola e compartilhem-na com os colegas, os professores e toda equipe escolar, que também pode participar desse momento especial.

Neste dia, a comunidade escolar pode se reunir e realizar diversas atividades lúdicas e educativas que permitam enfatizar a importância da escola. Confira os exemplos:

1- Mural

Construir, em equipe, um mural com elementos no qual os alunos celebrem a escola. Esse mural pode ser exposto por um período além da data comemorativa para que todos se lembrem do seu significado.

Alguns itens que podem compor o mural:

  • Fotos: os alunos podem colocar imagens registradas na escola com os colegas, os professores e os funcionários, durante eventos, atividades cotidianas ou no recreio, que retratem seu dia a dia no ambiente escolar;
  • Frases: podem ser escritas à mão ou impressas frases famosas ou de autoria própria que comuniquem a importância da escola;
  • Poesia: os próprios alunos podem escrever uma poesia falando sobre o que a escola representa para eles e colar no mural para que todos possam ler;
  • Desenhos: o professor pode propor aos alunos que retratem, por meio de um desenho, o que a escola representa para cada um deles;
  • Depoimentos: um texto breve sobre a importância da escola na vida das pessoas pode ser escrito por alunos, professores, familiares, diretores e todos que compõem a comunidade escolar.

O que é Gestão de Resultados Educacionais?

2- Pintar o muro da Escola

Uma atividade dinâmica e divertida é pintar o muro da escola. Essa pode ser uma forma de comemorar com a participação de todos e deixar uma marca pessoal no ambiente.

Cada aluno pode gravar sua mão no muro com uma tinta específica e colocar seu nome embaixo, assim ficará registrado todos que fizeram parte da escola e daquele momento especial.

Também podem ser pintados desenhos e frases. O objetivo é que os alunos se expressem e entendam o significado da atividade, que é homenagear a escola em que estudam.

3- Construção de um jardim ou horta

Outra atividade coletiva e bastante dinâmica, que proporciona sair da rotina e marcar o Dia da Escola como um momento especial, é a jardinagem no ambiente escolar.

A construção de um jardim pode se tornar uma lembrança do Dia da Escola que continuará presente no dia a dia dos alunos. Isso poderá estimular o contato com a natureza e a sustentabilidade, convidando os alunos a cuidarem dele.

Uma horta também tem a mesma finalidade, e os alimentos produzidos nela podem ser consumidos na própria escola e cultivados pelos próprios alunos e professores em atividades relacionadas.

4- Confraternização

Convidar os familiares a se reunirem na escola também pode ser uma forma de incorporar a comunidade na comemoração. Eles podem até levar um prato culinário preparado por eles com os alunos para compartilhar com os demais, fazendo com que os responsáveis troquem experiências e se aproximem da educação de seus filhos.

Os professores podem pedir aos pais e aos alunos que gravem um vídeo falando sobre a importância da escola, que pode ser assistido por todos durante a confraternização.

Vale ressaltar que, em tempos de pandemia, essa confraternização pode ser realizada de modo on-line.

Eventos on-line para sua escola – Confira 10 ideias criativas!

5- Ação coletiva

Uma forma de aproximar a família da escola é promover uma ação coletiva com os alunos, os pais, os professores e toda comunidade para realizar reparos na escola, consertar coisas estragadas, fazer uma limpeza, organizar o espaço ou cuidar do jardim.

Essa ação pode acontecer nesse dia para comemorar e enfatizar seu significado, além de trazer melhorias para o ambiente escolar, como o conserto de cadeiras, e proporcionar condições mais adequadas para a aprendizagem dos alunos.

___________________________________________________________________

Gostou das dicas que separamos para tornar esse dia especial na sua escola?

O SAE Digital acredita que esta data tão especial deve ser sempre lembrada e celebrada, independente de qual você escolher, o que importa é seu significado! 😍#euamoodiadaescola

Quer saber mais como o SAE Digital pode ajudar a sua escola? Fale com um dos nossos assessores!

Mantenha-se informado sobre as novidades na educação, acompanhando nosso blog e os conteúdos exclusivos em nossas redes sociais. Confira!

Dia da Escola

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos