A busca pela aprovação em Medicina – Desafios e dicas!

O médico trabalha com a manutenção e a restauração da saúde, ou seja, lida com a prevenção e a cura das doenças humanas, investigando as suas naturezas e causas , o que é bastante complexo. Essa é uma área bastante dinâmica, bem remunerada e reconhecida socialmente, com muitas descobertas e desafios, o que estimula a busca dos jovens por essa profissão e aprovação em Medicina.

A aprovação em Medicina é uma das maiores aspirações de muitos estudantes e é também um dos cursos mais concorridos nos vestibulares, então é preciso estudar muito e se planejar para alcançar essa conquista. Mas, antes de tudo, o estudante deve estar ciente de que para conquistar a aprovação em Medicina no vestibular é necessário ter muita dedicação e estudo para passar no vestibular e também ter sucesso ao longo de todo o curso.

Para aprender sobre tudo o que envolve a saúde humana, a grade curricular e a carga horária do curso são bastante extensas, demandando o tempo integral do aluno, isso porque o curso de graduação forma o Médico Clínico Geral e tem duração de cerca de 6 anos e mais 2 anos de internato obrigatório, com carga horária mínima de 7.200 horas. Depois disso, para se especializar na área de interesse, é preciso fazer residência médica ou curso de especialização, com mais 2 anos de estudos, para só então atuar na área.

Confira nossa playlist de Aulões para o Enem: clique aqui! 🎥

Questões Enem

Vamos explorar um pouco sobre o mundo da Medicina e a preparação para o vestibular?

Conhecer o Curso de Medicina

Para estudar para o vestibular e conquistar a aprovação em Medicina, o estudante precisa conhecer bem o curso em que pretende ingressar, o objeto de estudo, o objetivo da profissão, as disciplinas abordadas, as atividades realizadas, entre outros. O objetivo do Curso de Medicina é a restauração, a manutenção e o bem-estar do ser humano, nos aspectos físico, mental e social em todo o ciclo da vida, da infância até a maturidade. Entre as atividades realizadas pelos médicos estão:

  • Consultas.
  • Diagnósticos.
  • Prescrever tratamentos.
  • Solicitar exames e interpretá-los.
  • Cirurgias.
  • Promover a prevenção de doenças.
  • Pesquisas científicas.
  • Atender casos de urgência e emergência.

As disciplinas estudadas no curso são divididas em ciclos para abordar todo o conhecimento necessário para a atuação médica, passando pelas etapas teórica e prática.

Ciclo Básico

Acontece nos dois primeiros anos do curso, em que o aluno precisa desenvolver seu raciocínio clínico a partir dos fundamentos teóricos da área. Não há contato direto com pacientes, mas há atividades práticas aliadas à teoria, que ocorrem em laboratórios, onde são realizados experimentos químicos e biológicos em microscópio e manipulação real de cadáveres e peças cirúrgicas. O aluno também aprende sobre o funcionamento do sistema de saúde local, acompanhando a vivência nas unidades de saúde e hospitais. Para tanto, as disciplinas estudadas são:

  • Anatomia
  • Bioquímica.
  • Biofísica.
  • Fisiologia.
  • Farmacologia.
  • Imunologia.
  • Microbiologia.
  • Patologia.
  • Histologia.
  • Embriologia.
  • Genética.

Ciclo Clínico

Compreende o terceiro e o quarto ano. O aluno passa a ter contato direto com pacientes, realizar a análise e interpretação de exames, fazer diagnósticos e aplicar os conhecimentos adquiridos no ciclo anterior. As aulas costumam acontecer em ambulatórios e consultórios, em centros de saúde e hospitais. As disciplinas estudadas são:

  • Dor.
  • Desordens nutricionais e metabólicas.
  • Dispneia, dor torácica e edemas.
  • Febre, inflamação e infecção.
  • Genética médica.
  • Distúrbios sensoriais, motores e da consciência.
  • Emergências clínicas.
  • Problemas mentais e do comportamento.
  • Saúde da mulher, sexualidade humana e planejamento familiar.

Ciclo Internato

Acontece no quinto e sexto ano do curso. Exige maior dedicação dos alunos, pois é nessa fase que se consolidam as habilidades desenvolvidas ao longo do percurso, visto que se iniciam as consultas, intervenções supervisionadas e visitas a pacientes. A estrutura curricular desse período é composta por estágios supervisionados em várias áreas:

  • Saúde Mental.
  • Clínica Cirúrgica e Anestesia.
  • Saúde da Mulher.
  • Clínica Médica.
  • Saúde da Criança e do Adolescente.
  • Medicina de Saúde da Família e Comunidade.
  • Saúde Coletiva.
  • Medicina de Urgência e Emergência..

amostra pv

O que estudar para o Vestibular de Medicina?

Cada vestibular segue um edital próprio, portanto, o aluno deve estar ciente de seu conteúdo e se basear nele para estudar, mas, de modo geral, o vestibular de Medicina é realizado em duas fases. A primeira é composta por questões objetivas de múltipla escolha sobre as principais disciplinas da Educação Básica: Língua Portuguesa e Inglesa, Literatura, Matemática, História, Geografia, Biologia, Química e Física. Sendo assim, para se preparar para a prova, o estudante deve estudar cada uma dessas disciplinas para garantir a aprovação na primeira fase e passar para a seguinte.

A segunda fase aborda as disciplinas específicas, voltadas ao objeto de estudo do curso concorrido, com questões abertas e discursivas, cujo foco é verificar se o candidato tem conhecimento sobre o curso que está pretendendo ingressar. As disciplinas específicas do curso de Medicina nas quais você deve se aprofundar para responder às questões abertas com propriedade costumam ser Ciências Biológicas e da Natureza e Ciências Humanas.

Vale ressaltar que a redação merece atenção especial no estudo para o vestibular, mesmo abordando um tema não relacionado diretamente ao curso em um texto dissertativo-argumentativo sobre um tema da atualidade.

Aprova + Redação: A solução para a Redação Nota 1.000

Estratégias de Estudo para aprovação em Medicina

Após ler o edital e saber quais disciplinas estudar e quais livros precisa ler, é ideal fazer um planejamento de estudos e estar ciente que ele será prioridade, precisando de dedicação, foco e disciplina. Estabeleça uma rotina de estudos com um cronograma definindo horários específicos para cada disciplina por horário e dia da semana, pois estudar aleatoriamente pode não ser eficaz, e siga-o corretamente, para se organizar e ter certeza de que tudo o que precisa estudar está sendo abordado. Algumas atividades que podem constar no cronograma são:

  • Assistir videoaulas. (temos uma playlist fantástica para te indicar- clica aqui) 😉
  • Ler livros e apostilas.
  • Fazer listas de exercícios.
  • Fazer simulados.
  • Treinar redação.
  • Fazer resumos e mapas conceituais sobre os temas.

Não se esqueça de estabelecer intervalos, pois eles são importantes para não se sobrecarregar e prejudicar os estudos. Pequenos momentos de lazer também são importantes para fazer as coisas que gosta. Defina metas para perceber sua evolução no percurso, por exemplo, ler o capítulo 10 na segunda-feira, fazer uma lista de exercícios na terça-feira e terminar de ler determinado livro até o sábado daquela semana.

Técnica Pomodoro: estude com essa e outras técnicas

Quais são os Benefícios do Simulado Escolar?

Desafios da aprovação em Medicina

Os estudantes que estão se preparando para a aprovação em Medicina podem ter de enfrentar alguns desafios que ,se não forem superados, podem prejudicar sua missão. A rotina intensa de estudos pode ser cansativa e desanimar o candidato, por isso é importante descansar, intercalar os estudos com atividades prazerosas e cuidar da saúde mental.

O estudante também deverá abrir mão de certas coisas que gosta, como viagens longas, festas, algum hobby, eventos, entre outros, ou seja, seu tempo será mais escasso para a vida social. É importante se lembrar de que, para conquistar algo que almeja, sempre será necessário certo sacrifício, mas que valerá a pena e irá passar. Pode haver também muita pressão familiar para que o aluno estude e consiga ser aprovado, surgindo cobranças e críticas, até mesmo pelo próprio estudante, que pode se tornar muito rígido consigo mesmo.

Diante dos desafios, é importante conhecer o próprio limite e focar naquilo que consegue realizar no momento, pois cada atitude importa e ajuda a chegar mais perto daquilo que deseja.

Conheça o Novo Ensino Médio do SAE Digital

Vantagens da aprovação em Medicina

Para superar os desafios é importante focar nas vantagens do esforço para estudar e alcançar a aprovação em Medicina. Será um combustível e motivação para conseguir cumprir essa tarefa. Dentre as vantagens de se tornar médico estão:

Ajudar o próximo

Com seu trabalho promover saúde, curar doenças e salvar a vida de muitas pessoas é algo muito gratificante. De modo geral, o médico tem a oportunidade de ajudar as pessoas e servir à população através da sua profissão, contribuindo para a saúde da sociedade. Tanto o tratamento quanto a prevenção são atividades fundamentais para o bem-estar dos pacientes, e o fato de fazer a diferença no mundo e melhorar a vida das pessoas é um dos principais objetivos da Medicina.

Realização pessoal

A aquisição de um vasto repertório de conhecimento adquirido ao longo do curso, que pode ser compartilhado com os pacientes, traz muita satisfação pessoal por ser um mediador do saber e da saúde. Além disso, tem a oportunidade de atuar em diversas áreas, sem se restringir a uma só abordagem, podendo realizar diferentes atividades e tornar sua vida mais dinâmica e cheia de experiências.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho para os médicos é bastante amplo e há muitas oportunidades para todas as especialidades em hospitais, clínicas, clubes, centros de pesquisa, serviço público ou consultório particular. Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostra que Medicina é a carreira melhor remunerada e a que apresenta a maior taxa de ocupação, com quase todos os seus profissionais empregados.

Dicas para a aprovação em Medicina

Mesmo tendo estudado muito e seguido as estratégias para se preparar, é importante que o candidato saiba como agir no momento da prova para conquistar a aprovação em Medicina. Algumas atitudes a serem tomadas nesse momento são:

  • Evitar perder muito tempo com uma questão que acha muito difícil.
  • Pular para a próxima questão e retornar quando surgir uma que não souber responder.
  • Responder às questões que considera mais fáceis primeiro para ganhar tempo.
  • Ler todas as questões atentamente para interpretar corretamente o que ela solicita.
  • Reservar um tempo especial para escrever a redação, pois seu peso é muito importante.
  • Pense na resposta antes de escrever, para evitar perda de tempo.
  • Por fim, dê o seu melhor com base nas suas capacidades e não se desespere caso não saiba alguma resposta.

Confira dicas de como organizar seus estudos e se preparar para o vestibular e Enem:

___________________________________________________________________

Quer saber como o SAE Digital pode ajudar a sua escola? Fale com um dos nossos assessores e conheça nossas soluções educacionais.

Mantenha-se informado sobre as novidades na educação, acompanhando nosso blog e os conteúdos exclusivos em nossas redes sociais. Confira!

Mulheres nas Olimpíadas – A conquista do direito de competir

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos