Ensino a distância – Confira os recursos didáticos disponíveis para a Educação Básica

O ensino a distância (EaD) na educação básica é um tema controverso, que ainda promove discussões entre especialistas sobre sua efetividade. Embora a legislação brasileira não permita essa modalidade para Educação Infantil e Ensino Fundamental, com a suspensão das aulas em decorrência da proliferação do novo Coronavírus, as aulas remotas podem ser uma forma de minimizar o impacto do afastamento da escola no desenvolvimento de crianças e jovens nesse período de quarentena.

O EaD já é bastante comum no Ensino Superior e tem ganhado espaço no Ensino Médio nos últimos dois anos, após a normativa do Conselho Nacional de Educação (CNE) regulamentar a modalidade com alguns limites de carga horária:

  • 30% para cursos noturnos do Ensino Médio.
  • 20% para cursos diurnos do Ensino Médio.
  • 80% para a Educação de Jovens e Adultos (EJA).
  • 40% para o Ensino Superior.

Com a expansão da epidemia da COVID-19, doença causada por esse novo vírus, o Ministério da Educação (MEC), por meio do Comitê Operativo de Emergência (que tem como principal objetivo a contenção do avanço do novo Coronavírus nas instituições de ensino) recentemente publicou uma portaria autorizando as escolas a conduzirem aulas remotas também para alunos da Educação Básica.

A princípio, a medida tem validade de 30 dias, mas pode ser – e provavelmente será – prorrogada. Essa liberação tem caráter excepcional, e a adesão das escolas é opcional, ou seja, ela visa unicamente colaborar com a melhora do cenário de emergência na saúde pública que vivenciamos.

E por ser uma situação nova para a maioria das instituições de ensino, reunimos aqui algumas dicas de recursos didáticos que podem ser utilizados para o ensino a distância na Educação Básica, assegurando a qualidade do processo de ensino-aprendizagem dos estudantes.

Quer ficar por dentro conteúdos exclusivos de gestão escolar, suspensão das aulas, impactos financeiros nas escolas, como engajar seus alunos e professores, ensino a distância na educação infantil e tantos outros? Confira nossos webinários especiais:

Quais são os benefícios do Sistema de Ensino?

Vantagens do ensino a distância (EaD)

Muitas vezes, o ensino a distância é visto como uma modalidade com a qual não se consegue o mesmo aproveitamento do que em sala de aula. Por ter um formato de aula diferente do que estamos acostumados, o EaD exige adaptação de toda a comunidade escolar, incluindo gestores, educadores, alunos e pais ou responsáveis.

Contudo, quando essa familiarização com a dinâmica de aula remota se consolida, podemos observar diversas vantagens, muitas delas também se aplicando a alunos da Educação Básica. Conheça esses benefícios:

  • Protagonismo: o estudante passa a ter maior autonomia nos estudos, tornando-se protagonista do seu aprendizado ao poder seguir o seu próprio ritmo de estudo e revendo conteúdos quando necessário e explorando novas possibilidade de adquirir conhecimento.
  • Flexibilidade: o ensino a distância oferece flexibilidade de horários e locais de estudo, permitindo que o aluno possa alterar sua rotina com maior facilidade. Todavia, isso não deve ser uma abertura para desleixo ou falta disciplina.
  • Comodidade: o fato de poupar deslocamentos não só promove economia de tempo e dinheiro como torna o ensino mais acessível para estudantes que residem em lugares mais distantes da escola.
  • Disponibilidade: a combinação dos dois tópicos anteriores é a garantia de disponibilidade, ou seja, o estudante pode estudar quando e onde achar mais adequado por meio do ambiente virtual de aprendizagem.
  • Aprofundamento dos conhecimentos: o mundo virtual oferece maneiras mais interativas e conteúdos complementares para a apresentação das matérias, possibilitando um aprofundamento dos conhecimentos nas mais variadas disciplinas – sem contar a atuação direta no desenvolvimento de novas habilidades tecnológicas e comportamentais.

Quais são os benefícios do Sistema de Ensino?

Recursos didáticos de ensino a distância para a Educação Básica

Sem mais delongas, é hora de conhecermos os principais recursos didáticos que professores da Educação Infantil e Ensino Fundamental podem aproveitar para construir e conduzir suas aulas a distância enquanto as escolas permanecem fechadas.

1. Videoaulas

As circunstâncias não são agradáveis, e sabemos que esse momento de quarentena é desafiador para todos nós, mas com as videoaulas é possível minimizar essa mudança de rotina abrupta e inesperada, pois elas fazem parte do mundo digital e são uma linguagem em geral muito familiar aos estudantes.

Além disso, as aulas em vídeo permitem a manutenção da rotina de estudos e podem ser revistas a qualquer momento e quantas vezes for necessário para que o conteúdo seja realmente assimilado. Tudo isso mantém a importância da escola como um espaço de interação, mesmo que isso aconteça de forma digital e não física.

2. Materiais digitais de apoio

As videoaulas são uma poderosa ferramenta de transmissão das informações, mas, assim como na sala de aula, é fundamental que os conteúdos sejam reforçados por meio de atividades complementares e materiais de apoio. É com esse combo que o conhecimento será consolidado e as capacidades motora e sensitiva das crianças e jovens serão desenvolvidas.

A grande vantagem aqui é a possibilidade de explorar formatos variados de conteúdos, como animações, infográficos, imagens 3D, histórias interativas, jogos educativos e muito mais. No universo virtual não há limites para a criatividade.

3. Conteúdos interativos complementares

Aproveitando o gancho tópico acima, os professores devem indicar e incentivar o consumo de conteúdos complementares mais interativos, que extrapolem aqueles comumente disponibilizados na escola, como forma de melhorar o processo de ensino-aprendizagem dos alunos.

Para tanto, podem ser sugeridos filmes, documentários, desenhos animados e séries. Atualmente, há uma infinidade de produções educacionais e bastante informativas em serviços de TV por assinatura e de streaming, como Netflix, Amazon Prime Video e Globoplay. Inclusive, alguns desses serviços estão veiculando diversos conteúdos “fechados” neste período de quarentena.

4. Livro digital

Nem toda instituição de ensino possui materiais didáticos no formato digital, mas, se a sua escola possui acesso a livros virtuais, use-os em suas aulas remotas ou incentive os educadores sob sua tutela a explorarem melhor esse tipo de ferramenta educacional.

Por exemplo, o sistema de ensino do SAE Digital conta com o Livro Digital, uma tecnologia que oferece mecanismos interativos, como edição das páginas, criação de anotações, simuladores, entre outros. Muitos deles, inclusive, podem ser utilizados tanto por alunos quanto pelos educadores, contribuindo para mais engajamento e participação dos estudantes.

5. Ambiente Virtual de Aprendizagem

Outra tecnologia educacional que deve ser usada e abusada nesse período se estiver disponível é o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), pois ele facilita a comunicação e interação entre professor e estudante, bem como entre os próprios alunos, e permite um acompanhamento mais assertivo do desempenho de aprendizado de cada criança e a personalização do ensino conforme a dificuldade de cada um.

No caso do AVA do SAE Digital, essa plataforma reúne materiais digitais em conformidade com os impressos, videoaulas exclusivas e complementares, além de atividades sobre 100% dos conteúdos ensinados. Com isso, o estudante assume o papel de protagonista nos seus estudos, o que fomenta o seu comprometimento, sua autonomia e seu amadurecimento. Para saber mais detalhes, clique aqui.

6. Realidade Aumentada

A realidade aumentada é uma tecnologia que permite a ativação de conteúdos digitais a partir de interações com objetos e elementos físicos. É como se esses universos pudessem se misturar na frente dos olhos, por exemplo, fazendo personagens de histórias em quadrinhos saírem das páginas palpáveis e ganharem vida simplesmente apontando a câmera de um celular. Obviamente, isso desperta a atenção e o entusiasmo de qualquer criança e jovem.

As escolas que adotam o sistema de ensino do SAE Digital têm à disposição o SAE RA, um aplicativo que capta os marcadores das páginas do material didático e gera projeções gráficas digitais que contribuem com o entendimento do conteúdo e tornam os estudos muito mais divertidos e envolventes. Conheça aqui todos os benefícios dessa tecnologia educacional.

SAE Digital e seu compromisso com a Educação

Tendo em vista o seu compromisso com a Educação, principalmente nesse momento conturbado que vivemos, o SAE Digital tem disponibilizado gratuitamente desde o dia 23/03 videoaulas para alunos do Ensino Fundamental e Médio de todo o Brasil. Os interessados podem acessar por meio do nosso canal do YouTube. Os conteúdos são veiculados diariamente e foram pensados e produzidos especificamente para cada série, desde o 1º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio.

 

Como o SAE Digital pode ajudar sua escola com o ensino a distância? Para saber mais detalhes, clique no banner abaixo e preencha um breve formulário para que um dos nossos consultores entre em contato.

Quais são os benefícios do Sistema de Ensino?

Além disso, temos preparado uma série de publicações para ajudar gestores, professores, pais e alunos nesse período de adaptação e desenvolvimento do ensino a distância. Confira alguns desses conteúdos a seguir.

Esperamos que essas orientações possam ajudar vocês, educadores e coordenadores, na organização e preparação das aulas a distância para alunos da Educação Básica. Para ficar por dentro das novidades do mundo da Educação, não deixe de acompanhar nosso blog. Até a próxima!

Quais são os benefícios do Sistema de Ensino?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos