Blog

5 estratégias de marketing para escolas particulares

  • Adriana Rodrigues
  • 1 semana atrás
  • Atualizada em 28/11/2019
  • 5 min. de leitura
  •  
  • 211 visualizações

De acordo com dados do último Censo Escolar, o Brasil possui cerca de 40 mil escolas particulares no ramo da Educação Básica. Em meio a tantas opções de instituições privadas, é grande o desafio de captar e reter alunos.

Por isso, além de se diferenciar por ter uma boa estrutura ou uma proposta pedagógica assertiva, ter boas estratégias de marketing se torna fundamental para garantir a manutenção e o crescimento da instituição.

É neste momento que se inicia o papel do marketing educacional. As estratégias pensadas pelo marketing podem ajudar sua escola de diversas maneiras: na captação de alunos, na divulgação e no alcance dos eventos da instituição, no fortalecimento da marca, entre outros.

Ficou interessado?

Confira as 5 principais estratégias de marketing para escolas particulares!

guia-gestor-escolar

1. Construa uma marca forte

O primeiro passo é desenvolver uma marca que represente o propósito da instituição de ensino. Nome, logo, identidade visual são elementos podem parecer de forma secundária, mas que não deixam de ser indispensáveis para uma estratégia de marketing sólida a longo prazo.

Esses elementos representam a forma como a sua escola se comunica com a comunidade escolar e se posiciona no mercado. Por isso, devem ser condizentes com a proposta pedagógica da instituição e com a maneira como queremos que a escola seja reconhecida.

Lembrete: sua escola será lembrada por esses elementos visuais, por isso, concentre um esforço maior nessa parte. Se você já fez isso, excelente! Significa que escola já deu um passo importante para construir uma marca consolidada no mercado. Mas se ainda não fez, esse é um ótimo ponto de partida para o fortalecimento da sua instituição e da sua marca.

2. Esteja presente nas redes sociais

Uma das estratégias mais importantes de marketing para escolas particulares é estar presente e ativo nas redes sociais. Ter um perfil no Facebook e Instagram é fundamental para que sua escola seja encontrada facilmente, dissemine informações específicas e seja reconhecida na web por um público geral.

Se você tiver a possibilidade de produzir conteúdo em vídeo, criar um canal no YouTube também pode ser uma boa pedida!

De acordo com o relatório “Digital in 2018”, o YouTube já ultrapassou o Facebook, assumindo o primeiro lugar entre as redes sociais mais acessadas no Brasil. E mesmo no Facebook ou Instagram, o vídeo é o formato de conteúdo preferido do público em geral.

Muitas escolas particulares vêm utilizando as redes sociais para gerar engajamento e aumentar o alcance da marca. Dentre o conteúdo divulgado pelas instituições de ensino nas redes sociais estão os eventos e atividades realizados na escola, as informações sobre o dia a dia e o calendário escolar, também são compartilhados destaques e resultados positivos do bimestre etc.

Algumas escolas, especialmente de Educação Infantil, ainda utilizam as redes sociais como um canal para que os pais possam acompanhar de perto o dia a dia das crianças na escola, ação que proporciona mais segurança e tranquilidade para as famílias.

Existem muitas possibilidades para o uso das redes sociais, mas atenção: uma vez criado os perfis da sua escola nas redes, certifique-se de publicar conteúdo relevante regularmente. Uma página que está há muito tempo sem atualizações pode deixar uma má impressão nos visitantes.

As redes sociais são a “vitrine” da sua marca no meio digital! Mantenha esses canais sempre atualizados e procure dar destaque para aquilo que ressalta os diferenciais da sua escola.

3. Tenha um bom site comercial

Mesmo que as redes sociais estejam assumindo um papel cada vez mais importante na marca digital das empresas, ainda é muito importante que a sua instituição de ensino tenha um site comercial.

Nem sempre é possível encontrar espaço nas redes sociais para divulgar a sua marca e citar todos os diferenciais e serviços oferecidos. O website possibilita ao cliente acesso amplo e claro dos conteúdos para solucionar todas as possíveis dúvidas.

O site comercial ainda tem a vantagem de ser um espaço só seu. Quando uma pessoa acessa o site, todo o foco está sobre a sua instituição; logo, você não precisa ficar brigando por espaço com outras marcas e outros tipos de conteúdo, como acontece nas redes sociais.

Aproveite este espaço para divulgar detalhes sobre o projeto pedagógico, o sistema de ensino utilizado, os segmentos atendidos, as atividades extracurriculares disponíveis, os telefones e endereços de contato, a divulgação de campanha de matrículas etc.

Mesmo que a sua escola não tenha uma verba destinada à criação de um website, é possível desenvolver e publicar um site de forma simples e acessível a partir de soluções rápidas e intuitivas, como Wix e Locaweb.

E para garantir ainda mais visibilidade a sua escola, lembre-se de cadastrar gratuitamente a instituição no Google Meu Negócio. Esse cadastro permite controlar a forma como ela aparece nos resultados de busca e em apps como o Google Maps.

4. Desenvolva um bom relacionamento com alunos e famílias

Criação da marca, presença nas redes sociais, desenvolvimento de um site comercial… tudo isso é de extrema importância para a sua escola. No entanto, não existe estratégia de marketing mais eficaz para escolas particulares do que desenvolver um bom relacionamento com alunos e famílias.

Invista tempo em construir uma relação de confiança com o seu público. Estabeleça uma comunicação próxima, pessoal e busque conhecer aquilo que eles mais valorizam na sua instituição. Acredite, esse contato com os alunos e com as famílias da sua escola será o seu melhor investimento de marketing.

Quando você se aproxima do seu público e valoriza essa interação, oferecendo sempre uma boa experiência, as pessoas se tornam naturalmente defensoras da instituição. Isso é importante porque as indicações feitas no método “boca a boca” são muito importantes, especialmente quando falamos de uma decisão tão complexa quanto escolher uma instituição de ensino.

Além de serem mais propensos a indicar a sua escola para alguém, alunos e famílias satisfeitos também têm grandes chances de disseminar seu conteúdo nas redes sociais e deixar avaliações positivas para a sua escola.

5. Planeje a campanha de matrículas com antecedência

Quando falamos em estratégias de marketing para escolas particulares, não podemos deixar de mencionar o período mais importante do ano para a retenção e captação de alunos: a campanha de matrículas.

Fazer o planejamento da campanha de matrículas com antecedência deve ser uma das prioridades da escola. Definir metas de número de alunos, desenhar um cronograma para as matrículas, desenvolver os materiais de divulgação, treinar os colaboradores da escola são ações que contribuem para uma campanha de matrículas de sucesso!

Planejar todas essas ações de antemão é a chave Para descobrir em detalhes como fazer um bom planejamento para a campanha de matrículas, confira o texto a seguir:

> Campanha de matrícula – Como fazer um bom planejamento

 

O que achou das nossas estratégias de marketing para escolas particulares? Existe outra ação de marketing que já deu certo na sua escola? Compartilhe conosco nos comentários!

melhor sistema de ensino

Tags

Adriana Rodrigues

Ver todos os artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *