Assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa no Enem


Assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa

Antes de falar dos assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa e Literatura no Enem, é fundamental decifrar a prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. É fato que você já está bastante empenhado na preparação, ainda mais nesta reta final para o Exame Nacional do Ensino Médio, mas nunca é demais desmistificar alguns “fantasmas” sobre ela.

Tem muita gente que vê essa prova como um pesadelo e pensa que será impossível aprender tudo o que é cobrado. Calma, pois com organização e jogo de cintura você vai ter o seu esforço reconhecido. Neste post vamos concentrar nossa atenção em Língua Portuguesa e Literatura e trazer orientações bacanas sobre os assuntos mais cobrados no Enem.

Assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa

Afinal, o que cai na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias?

Para garantir um resultado incrível no primeiro dia de provas do Enem, é fundamental se lembrar de que a prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias faz parte do seu cotidiano, ou seja, todos os temas estão presentes nas suas rotinas diárias. Por isso, a leitura e a busca por informação de qualidade – em sites de referência, telejornais, revistas, rádio ou até podcasts – faz toda a diferença.

A linguagem e a comunicação estão em cada atividade que realizamos, e no Exame Nacional do Ensino Médio a expressão de pensamentos e opiniões é levada muito a sério. Pense nisso!

O que eu preciso saber sobre Língua Portuguesa no Enem?

Se você quiser se sair bem no Enem, dedique atenção especial aos conteúdos de Língua Portuguesa, do pleno domínio da gramática aos conhecimentos das regras do novo acordo ortográfico, entre outros conteúdos que são fundamentais e surgem com frequência nas provas. O domínio da norma culta também será essencial para a prova de Redação, assim, esqueça da forma como se comunica no ambiente digital e redes sociais, por exemplo.

Assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa no Enem

Confira os conteúdos mais cobrados em Língua Portuguesa

Tecnologias da Informação e Comunicação

O mundo digital é uma realidade, já que o poder da tecnologia é visível e cada vez mais acessível a todos. Por isso, esse tópico envolve tudo o que diz respeito a web, redes sociais e aparatos tecnológicos como fontes de conhecimento.

 

Interpretação de Texto: Conteúdo e Tema

Diz respeito à sua capacidade de análise e conclusão sobre o tema apresentado, levando em conta as ideias e reflexões abordadas. A busca por temas da atualidade e bastante leitura fazem a diferença, pois o repertório adquirido sempre ajuda.

 

Interpretação de Texto: Linguagem Não Verbal e Mista

Muito presente nas provas do Enem, a linguagem não verbal utiliza, por exemplo, signos visuais, como placas, gestos e até músicas. Já a linguagem mista pode ser resumida em uma charge, que traz uma ilustração e um texto relacionado a essa imagem.

Funções da Linguagem

Tema recorrente nas provas do Enem, as funções da linguagem estão relacionadas com a intenção de quem fala. Dessa forma, são classificadas em função referencial, função emotiva, função poética, função fática, função conativa e função metalinguística. Cada uma delas se aplica conforme os elementos presentes na comunicação – emissor, receptor, mensagem, código, canal e contexto.

 

Sequências Discursivas

Trata-se de um formato híbrido, pois em sua composição há diferentes tipos de sequências – a narrativa, descritiva e argumentativa, além do discurso reportado.

 

Gêneros Textuais

Tema certeiro na prova do Enem: notícia, dissertação, cartas e texto opinativo, entre outros formatos de produção textual, surgem nas questões. Por isso, você precisa desenvolver sua habilidade de interpretação.

 

Análise Linguística

Esse tópico tem muito a ver com sua capacidade como leitor de produzir sentidos diante de tudo que lê. Trata-se de uma atividade de reflexão sobre a Língua Portuguesa.

 

Variações Linguísticas e Níveis de Registro

Esse tópico é muito interessante e costuma surgir com frequência no Enem. Tem tudo a ver com a organicidade da Língua Portuguesa, que se destaca pelos registros popular, familiar, corrente e literário, por exemplo.

Assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa no Enem

O que eu preciso saber sobre Literatura no Enem?

A prova do Enem não exige conhecimentos específicos sobre as escolas literárias, mas as questões vêm acompanhadas de textos diversos – como contos, poemas, crônicas, romances e sermões – para que os candidatos façam a devida interpretação ou ainda demonstrem domínio sobre as técnicas usadas nessas construções. A literatura brasileira é a grande aposta e os autores Machado de Assis, Carlos Drummond de Andrade, Luis Fernando Verissimo, Guimarães Rosa, Mario de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Vinicius de Moraes e Clarice Lispector surgem com frequência.

Não se esqueça: os textos literários podem ser chamados de arte. É por meio da leitura e interpretações dessas obras – fictícias ou baseadas em fatos reais – que o leitor é estimulado a refletir e também provocado a conhecer diversas emoções e sentimentos.

Além disso, vale a pena destacar que muitas questões são multidisciplinares, e também abordam a Literatura. Isso quer dizer que ela pode estar relacionada em tópicos de Língua Portuguesa, História e até de Geografia e Artes. Fique atento!

 

Multidisciplinaridade em alta – fique atento a alguns pontos:

– Figuras de linguagem.

– Subjetividade do texto.

– Inúmeros significados de uma mesma palavra.

– Representações denotativas (reais) e conotativas (figurativas).

– As relações entre História, Filosofia e Sociologia por meio dos textos literários.

– Trechos de canções da Música Popular Brasileira (MPB).

– A intertextualidade é uma característica das provas do Enem e aparece quando, por exemplo, uma música cita uma poesia ou quando um texto faz referência a uma obra citada anteriormente.

 

Conheça os movimentos literários

As questões relacionadas à Literatura no Enem costumam trazer trechos de textos diversos, que vão da prosa à poesia de diversas épocas. Por isso, é fundamental conhecer o Romantismo, Barroco, Modernismo, Parnasianismo e outras escolas marcantes.

missão enem

Confira os conteúdos mais cobrados de Língua Portuguesa e Literatura

Literatura

Barroco

Tem tudo a ver com o Renascimento e a Idade Média. No Brasil, o ponto de partida do Barroco foi a publicação, em 1601, do poema épico “Prosopopeia”, de Bento Teixeira.

 

Arcadismo

Também conhecido como Neoclassicismo ou Setecentismo, trata-se do principal movimento literário do século XVIII. No Brasil, o movimento ocorre em um cenário tenso de conflitos e repressão por parte de Portugal. A publicação de “Obras”, de Claudio Manuel da Costa, é o marco inicial do Arcadismo em nosso país.

 

Romantismo

O movimento chegou ao Brasil em 1836, após a abdicação de D. Pedro I, por meio da publicação de “Suspiros Poéticos e Saudades”, de Gonçalves de Magalhães. O Romantismo valorizava a cultura nacionalista, folclórica e popular. José de Alencar e Gonçalves Dias são exemplos de autores desse período.

 

Realismo

Como o nome sugere, trata-se da reação aos ideais românticos. A obra que marca o início do Realismo no Brasil é “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis, publicada em 1880.

 

Naturalismo

Miséria, violência, crimes, patologias humanas, sexualidade e adultério são alguns dos temas presentes nas obras do Naturalismo. “O Mulato”, de Aluísio de Azevedo, é o primeiro livro do gênero no país e aborda a questão do preconceito racial. Do mesmo autor, merece atenção especial “O Cortiço”.

 

Parnasianismo

Trata-se de uma manifestação poética que ocorre em paralelo com o Realismo no Brasil. Os dois movimentos eram bastante distintos. No Parnasianismo, destaca-se Olavo Bilac.

 

Simbolismo

O movimento propunha uma arte inspirada nas questões emocionais, subjetivas, misteriosas e ilógicas. “Missal” (prosa) e “Broquéis” (poesia) são obras que marcam o início do Simbolismo no país. Os títulos são de autoria do poeta catarinense Cruz e Souza.

 

Pré-Modernismo

Com Lima Barreto e Euclides da Cunha, autor de “Sertões”, obra que dá início ao movimento no país, o Pré-Modernismo se destaca por retratar os problemas sociais e as contradições presentes no Brasil.

 

Modernismo

Influenciado pela Semana de Arte Moderna de 1922, o movimento foge da forma de escrita mais rígida e fixa, ou seja, os autores queriam poesias com versos livres e sem a exigência de métricas e rimas. Destaca-se nessa época, por exemplo, Oswald de Andrade.

 

Literatura Contemporânea

Integram esse grupo as obras do final do século XX e da primeira metade do século XXI. Destacam-se, entre as tendências variadas identificadas no movimento, Ariano Suassuna, Adélia Prado, Caio Fernando Abreu, Paulo Leminski, Carlos Heitor Cony, Ferreira Gullar e Rubem Braga.

 

Teoria da Literatura e Análise de Texto Literário

No Enem, é muito comum questões em torno da estrutura do texto, sobretudo de poemas. Por ser um gênero de texto muito rico e atualizável, sempre rende questões. Por isso, no caso dos poemas, é fundamental saber que existem 3 elementos essenciais (verso, estrofe e ritmo) e compreender os elementos acessórios (métrica e rima).

 

Dicas para rever os conteúdos de Língua Portuguesa e Literatura nesta fase final de preparação para o Enem

– Leia muito, inclusive nos momentos de lazer, para ampliar seu vocabulário e repertório de conhecimentos.

– Não seja refém da teoria, portanto, faça exercícios e simulados. Teste os seus conhecimentos!

– Interdisciplinaridade é uma característica do Enem, por isso una os conteúdos e faça as relações necessárias.

Agora que você já conhece os assuntos mais cobrados de Língua Portuguesa e Literatura no Enem, é hora de fazer um planejamento de estudos e revisão nesta fase final de preparação. Foco e determinação sempre, ok? Boa sorte!

 

Assuntos mais cobrados de língua portuguesa


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Acessos